Quinta, 05 de Agosto de 2021
27 99808-4347
Geral Protesto no Aviso

Vídeo: Cartazes de protesto tomam conta em local de obra de Capela Mortuária no bairro Aviso

Lazer não combina com tristeza, diz um deles sobre a referida edificação.

16/06/2021 07h46 Atualizada há 2 meses
Por: Redação
Vídeo: Cartazes de protesto tomam conta em local de obra de Capela Mortuária no bairro Aviso

Pelo menos cinco moradores do bairro Aviso nos procurou no início da noite desta terça-feira (15) para enviar fotos e imagens feitos em uma área onde acontece uma obra naquela comunidade. Um dos moradores disse que “a maioria não quer a construção de uma capela mortuária próximo das escolas e quadra de lazer e parquinho das crianças”.

Outro morador disse que “a Rua Espírito Santo precisa de prioridades, pois quando chove alaga tudo”, e acrescentou também o descontentamento sobre a prioridade de se construir uma capela mortuária “perto de locais onde as pessoas se reúnem para o lazer”. E outra leitora acrescentou: “Não queremos uma capela mortuária na Avenida Espírito Santo, temos comércio e precisamos abrir para sobreviver. Temos lanchonete, bar, sorveteria, parque para as crianças e escolas próximas. E não tem nada a ver velório com esses lugares. Peço que publiquem meu protesto”, pediu.

Continua depois da publicidade

As obras da capela, conforme nos explicou outro leitor, tiveram início nesta terça (15), e assim que o dia anoiteceu foi realizado o protesto através de cartazes contra a iniciativa. “Façam essa capela lá no lote da Associação de Moradores. Aqui, não”, indicou um comerciante.

O descontentamento para com a construção da capela e o alagamento, também fez parte do protesto de outro leitor, que ao pedirmos maiores informações, instruiu: “Poste o vídeo, as fotos, e peça para as pessoas lerem o que tem nos cartazes que elas vão entender”. Então, eis o vídeo abaixo:

Continua depois da publicidade

5 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias