Quarta, 25 de Maio de 2022
27 99808-4347
Polícia Absurdo

Vigilante é vítima de racismo em Linhares. Foi no HGL

Quem o humilhou ainda tentou partir para agressões físicas.

01/06/2021 09h56
Por: Redação
Vigilante é vítima de racismo em Linhares. Foi no HGL

Um vigilante de 33 anos foi vítima de racismo quando trabalhava no Hospital Geral de Linhares (HGL) na noite desta segunda-feira (31). A pessoa que o ofendeu ainda tentou agredi-lo, mas os colegas de trabalho chamaram a Polícia Militar ao hospital, que fica no bairro Araçá, e o suspeito foi detido.

Leia também - Em desvio de função, Guarda Civil Municipal faz até vigilância de presos nos hospitais de Linhares

Continua depois da publicidade

De acordo com o relatório policial, o suspeito é um jovem de 29 anos, morador da Vila Isabel, e a viatura foi ao local para atender uma confusão, onde um indivíduo embriagado estaria proferindo palavras e baixo calão contra os vigilantes do hospital.

Mas era bem mais que isso: Ao chegar no local e manter contato com a vítima, o vigilante informou aos policiais que o investigado durante a tal confusão disse "quem você acha que é? Você é negro, não deveria trabalhar aqui", além de ter ido em sua direção para iniciar agressões físicas.

Continua depois da publicidade

O indivíduo teve as ações contidas pela vítima e os demais servidores que estavam no local. E os policiais perceberam que o indivíduo estava muito alcoolizado. Ele ainda desacatou, cita o relatório, as ordens dadas pela guarnição.

O caso foi encaminhado para ser resolvido na 16ª Delegacia Regional de Linhares (DRL).

6 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias