Quarta, 12 de Maio de 2021
27 99808-4347
Polícia Aí não, abusada

Interlagos: Mulher é presa em flagrante por furtar patrão e comprar casa e carro com dinheiro do empresário

Um motorista também foi preso.

26/04/2021 10h56
Por: Redação
Interlagos: Mulher é presa em flagrante por furtar patrão e comprar casa e carro com dinheiro do empresário

A Polícia Civil, em operação conjunta com a Polícia Militar de Linhares, prendeu em flagrante uma mulher de 31 anos e um motorista de 28, quando a dupla se preparava para aplicar mais um furto na empresa onde ela trabalhava. A vítima é um empresário do ramo de reciclagem de óleo.

O delegado Fabrício Lucindo Lima disse que a ação se deu por volta das 23h30, no Bairro Interlagos, e que o flagrante é de furto qualificado e formação de quadrilha.

Continua depois da publicidade

A investigação, segundo o delegado, foi iniciada por conta da desconfiança do empresário de que estava sendo furtado. O crime funcionava da seguinte forma: “A funcionária da empresa trazia um caminhão-tanque com 15 mil litros de água e despejava nos reservatórios da empresa, com objetivo de dar volume, e bombeava 15 mil litros óleo para dentro do caminhão. Depois de furtado, o óleo era vendido para uma empresa de Vila Velha”, disse o delegado.

Ainda de acordo com o delegado, a empresa de Vila velha emprestava o caminhão-tanque ao motorista para o cometimento do crime. “De posse dessas informações e tomando conhecimento que a autora do crime estava novamente no local furtando, os policiais civis se dirigiram a empresa, solicitaram apoio aos Policiais Militares e prenderam em flagrante a mulher e o motorista do caminhão”, explicou doutor Fabrício.

Continua depois da publicidade

Levados para delegacia, os investigados, de acordo com o delegado, confessaram os crimes. “Eles informaram que estavam agindo da mesma forma há uns três meses, e cada litro de óleo era vendido pelo valor de R$ 1, 50. A investigada ainda confessou que tinha comprado um veículo GM Captiva e uma casa, ambos com o dinheiro dos furtos”, explicou o chefe da DRL.

Tanto o caminhão-tanque usado para o crime, como a Captiva comprada com o dinheiro dos crimes, foram apreendidos. A Polícia Civil segue na identificação de outros envolvidos. Após o interrogatório a mulher foi encaminhada para o presídio feminino de Colatina e o homem para a Penitenciária Regional de Linhares (PRL), a disposição da Justiça. Eles não tiveram os nomes divulgados.

7 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias