Quinta, 17 de Junho de 2021
27 99808-4347
Polícia Que absurdo

Mulher aluga casa para usar a serviço do tráfico, no Araçá. Cão farejador entrou em ação

Ocorrência foi registrada pouco antes das 22h deste domingo (14).

15/03/2021 09h37
Por: Redação
Mulher aluga casa para usar a serviço do tráfico, no Araçá. Cão farejador entrou em ação

A experiência dos policiais militares somada ao faro do cão para vasculhar espaços em busca de armas e drogas, resultou na frustração dos planos de uma mulher que alugou uma casa com intuito de usa-la a serviço do tráfico, no bairro Araçá. 25g de crack e mais 48 buchas de maconha foram apreendidos.

 

Continua depois da publicidade

Durante patrulhamento tático motorizado com cães pela Avenida Guaçuí, a guarnição foi informada de que em um beco situado atrás da Unidade de Saúde do bairro Araçá haviam duas residências sendo que uma teria sido alugada recentemente por uma mulher, e a outra estaria abandonada.

A mulher, conforme as diligências feitas pela equipe, estaria guardando drogas para os traficantes do bairro Aviso. E em contato com o dono da casa, este, se acordo com relatório, confirmou que sua companheira alugou a residência para uma mulher, porém, não sabia maiores detalhes.

Continua depois da publicidade

A guarnição foi informada que tal mulher faz pouco uso da casa, e, quando aparece, está sempre acompanhada por homens diferentes. O cão de faro de armas de drogas entrou em ação junto com os PMs, e de imediato se aproximou da porta da casa e apresentou mudança em seu comportamento.

Ele farejou maconha. Pelas frestas da porta e por uma janela, diz o relatório, foi possível a equipe visualizar algumas buchas de maconha em cima de um móvel. O proprietário da casa foi solicitado a franquear o acesso para que a droga fosse recolhida.  Mas as buchas não eram as únicas:

O cão indicou o restante da droga ao lado de um guarda roupas, numa lata. O material recolhido foi entregue à Polícia Civil. E se você pode ajudar no combate ao tráfico de drogas, denuncie: 181 ou o faça diretamente a um policial de sua confiança.

Continua depois da publicidade
4 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias