Sábado, 06 de Março de 2021
27 99808-4347
Polícia Que mentiroso!

Traficante dá nome errado, mas acaba desmascarado pela PC em Linhares

E a PC ainda descobriu que havia contra ele mandado de prisão por crime de homicídio.

21/01/2021 10h28
Por: Redação
Traficante dá nome errado, mas acaba desmascarado pela PC em Linhares

Policiais Militares de Linhares conduziram para Delegacia Regional pela prática de crime de tráfico de entorpecentes, um indivíduo que se identificou como Patrick Fernandes dos Santos, de 20 anos. Ele foi flagrado com 325 pedras de crack e 52 buchas de maconha.

Após a prisão, o indivíduo foi encaminhado para a Penitenciária Regional de Linhares. Mas as investigações prosseguiram. “Contando com a ajuda da perícia criminal da Polícia Civil, descobrimos que o nome correto do preso é Kauan Henrique Fernandes de Almeida, conhecido como Pakai, de 19 anos de idade”, contou o delegado Fabrício Lucindo Lima.

E aí veio a possível motivação da mentira sobre os nomes: Pakai já tinha mandado de prisão em aberto pela prática de crime de tráfico de entorpecentes. “Investigação da Denarc de Linhares e também, conforme as investigações, mostraram que ele foi o autor da morte de Arthur Damião Nunes Guilhermino”, completa o delegado.

A vítima tinha 25 anos de idade, e foi assassinada no dia 23 de janeiro de 2020, no Bairro Santa Cruz. “A investigação do homicídio revelou que o crime foi executado por Kauan em plena luz do dia, em uma das avenidas mais movimentadas do Bairro, e foi motivado por vingança, por conta de uma intensa desavença entre elementos ligados ao tráfico de entorpecentes no local”, explica o chefe da DRL.

Kauan foi interrogado, e segundo o delegado negou que tivesse executado a vítima, “mas já existem provas da autoria”, afirma Fabrício Lucindo. Agora Kauan vai responder aos processos pela prática de crime de tráfico de entorpecentes, homicídio e falsa identidade. Após ser interrogado e mediante o cumprimento dos mandados de prisão, o rapaz, desta vez devidamente identificado, foi novamente encaminhado a PRL a disposição da Justiça.

9 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias