Terça, 15 de Junho de 2021
27 99808-4347
Polícia Dentro da delegacia

Mulher exige ser levada para casa, xinga PMs e acaba algemada na delegacia de Linhares

Foi na madrugada deste sábado (12). Ela ameaçou ligar para o chefe do Executivo.

12/12/2020 10h47
Por: Redação
Mulher exige ser levada para casa, xinga PMs e acaba algemada na delegacia de Linhares

Resistência, desobediência, desacato. Estes três itens estão apontados como destaque em uma ocorrência da Polícia Militar registrada dentro da 16ª Delegacia Regional de Linhares (DRL), onde uma mulher de 44 anos foi algemada após fazer uma exigência.

Leu? Segurança sai ferido ao evitar furto de picanha em supermercado no Araçá

Continua depois da publicidade

De acordo com relatório policial, o fato aconteceu por volta de 1h40 da madrugada deste sábado (12), quando a guarnição confeccionava um boletim referente a uma ocorrência no bairro São José, e a mulher teria adentrado no recinto e ultrapassado a área restrita de segurança, exigindo que os PMs a levassem para casa.

Ainda segundo o relatório, a mulher disse que é funcionária pública e que ligaria para a autoridade máxima do Executivo local, caso os policiais não a levassem para casa. Ela foi informada que esse não é trabalho para a PM, e diante da resposta, teria ofendido a guarnição.

Continua depois da publicidade

De acordo com o boletim, a mulher disse que os policiais deveriam estar fechando os bares, e que não fez isso porque recebem dinheiro para não fazer, e chamou os PMs de “corruptos”. Ela então recebeu voz de prisão, e diz o relatório que a mulher estava bastante alterada e gritando, sendo necessário algemá-la. Ela recusou em tira foto para o sistema.

O espaço está aberto, caso a parte queira se identificar e dar a sua versão: 27 99808-4347.

7 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias