Segunda, 17 de Maio de 2021
27 99808-4347
Polícia PC em ação

PC identifica 1 atirador e cita o que motivou duplo homicídio no Planalto

Uma das vítimas é uma garotinha de 2 anos, a outra tinha 45, e uma adolescente de 15 sobreviveu.

04/12/2020 17h18 Atualizada há 4 meses
Por: Redação
PC identifica 1 atirador e cita o que motivou duplo homicídio no Planalto

A Polícia Civil procura por Ulisses Costa Araújo, o Lissinho, e outro indivíduo. Ambos têm mandado de prisão temporária em aberto, aliás, documentos expedidos nesta sexta-feira (4), pela 1ª Vara Criminal da Comarca de Linhares, respaldados pelo duplo homicídio que vitimou Heloísa Dias do Nascimento, de 2 anos (Ela completaria 3 no dia 4 do mês que vem); e Sandra dos Santos Calixto, que no dia 18 desse mês completaria 46 anos, e deixou ferida uma adolescente de 15 anos, filha de Sandra.

O crime aconteceu quarta-feira (2), às 18h53 na Rua José Carlos Langa, no bairro Planalto. Lissinho e o comparsa, que ainda não foi identificado, seriam os dois indivíduos que deixaram a moto na esquina e saíram a pé para atirar na mulher de 45 anos e na filha dela, de 15. A garotinha morreu por estar no mesmo local. O crime chocou Linhares.

Continua depois da publicidade

Nós buscamos por mais informações junto à Polícia Civil, e o delegado Tiago Cavalcante, titular da DHPP e que chefia a 16ª Delegacia Regional de Linhares (DRL) nas férias de Fabrício Lucindo, confirmou: “Sim,  foi confirmado pela Polícia Civil como um dos que saíram de moto e efetuaram os disparos”.

Os indivíduos são suspeitos de diversos crimes ligados ao tráfico de drogas e homicídios na região bairro e tudo aconteceu, conforme apontaram as investigações, por um acerto de contas, relativo à morte de Francisco de Assis dos Santos Calixto, de 51 anos, o Chiquinho, assassinado no dia 28 de junho último, e que era marido de Sandra.

Continua depois da publicidade

Sandra, por sua vez, teria sofrido represália, por estar entregando os dois. Outros detalhes não podemos informar, pois comprometeriam o trabalho da polícia relativo a outras investigações. O delegado disse que não tem o paradeiro dos dois investigados, e que quem puder ajudar deve ligar para o 181, com sigilo garantido. As denúncias que chegam a nossa Redação são encaminhadas ao setor competente.

Em tempo: A defesa do citado tem espaço aberto caso queira se manifestar: 27 99808-4347. Editamos a foto para não atrapalhar as investigações.

32 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias