Quinta, 29 de Outubro de 2020
27 99808-4347
Meio Ambiente Cena que choca

Assustador: Peixes aparecem mortos em lagoa de Linhares

Prefeitura explicou o que pode ter acontecido. Moradora disse que nunca viu algo igual.

12/10/2020 11h34 Atualizada há 2 semanas
Por: Redação
Assustador: Peixes aparecem mortos em lagoa de Linhares

Que a Lagoa do Meio, conhecida como “Projeto Linha Verde”, é imprópria para banho e que os peixes que nela existem não são indicados para o consumo, todos sabemos. Mas uma cena que aparece em vídeos enviados para a nossa Redação na manhã desta segunda-feira (12), entristece ainda mais, mesmo com as recomendações citadas sobre banho e consumo.

As imagens na verdade chocam: Peixes mortos tomam conta de amplo espaço na lagoa, e a voz de uma mulher que está em um barco afirma que ela nunca viu algo parecido.

Moradora lamenta: Fui criada aqui e nunca vi isso antes

Quando estávamos apurando as informações, conversamos com uma moradora do bairro Interlagos 2, um dos que são margeados pela lagoa em questão. Thayara Barros Mendes tem 26 anos e nasceu e vive até hoje em uma casa na beira da lagoa.

Além dela, são 12 pessoas na família, entre o padrasto, cunhados, irmãos, a mãe e sobrinhos pequenos. “Nunca vi isso na vida, e esses peixes começaram a aparecer mortos desde ontem. Meu padrasto nos mostrou cascudos, tilápias e traíras, todos grandes e que apareceram mortos na lagoa, mas isso ontem de manhã. Hoje vi muitos peixes pequenos, e não imaginava que estava nessa proporção hoje (12)”, disse ela.

A leitora disse que quando era criança a mãe nunca permitiu que ela e os irmãos tomassem banho na lagoa, mas que as outras crianças tomavam, e que é assim até hoje. Também contou que a família “empurra” os peixes para “mais para dentro” da lagoa, pois o odor fica insuportável na medida que eles apodrecem.

A Prefeitura de Linhares, em nota, confirmou a mortandade dos peixes. E a Secretaria Municipal de Meio Ambiente disse que tais causas podem estar ligadas a influência da mudança brusca de temperatura no movimento das águas da Lagoa, a qual provoca a ascensão da água do fundo, pobre em oxigênio, para a superfície, sendo este um fenômeno natural chamado de inversão térmica, o que, ocasionalmente, pode gerar eventos como este.

Também afirmou que uma equipe da Secretaria já foi acionada para fazer a coleta da água para análise em laboratório e também contribuir com a identificação da causa da mortandade das espécies.

Os peixes, de acordo com a nota, serão recolhidos do local por uma equipe da Pasta. Abaixo, a família da leitora observa a lagoa.

40 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias