Sexta, 18 de Setembro de 2020
27 99808-4347
Polícia Se deram mal

Casal é preso após furto de mais de R$ 10 mil em mercadoria de ótica em Rio Bananal

O estabelecimento foi arrombado na madrugada de hoje (11). Um terceiro larápio ainda é procurado.

11/09/2020 16h45
Por: Redação
Casal é preso após furto de mais de R$ 10 mil em mercadoria de ótica em Rio Bananal

Uma mulher de 23 anos e um jovem de 19 foram presos em flagrante em uma ação conjunta das polícias Civil e Militar de Rio Bananal, que elucidaram um furto qualificado registrado pouco depois das 3h da madrugada desta sexta-feira (11).

O delito aconteceu em uma ótica, que fica na Avenida 14 de Setembro, bairro Santo Antônio. “Os policiais civis iniciaram os trabalhos investigativos, ouvindo testemunhas e realizaram perícias no local. Graças ao sistema de videomonitoramento da cidade, eles foram identificados e desde então passaram a ser procurados”, conta o delegado Fabrício Lucindo Lima.

Estima-se, conforme explicou o delegado, que o casal furtou grande quantidade de produtos. Para se ter uma idéia, a maior parte do que foi furtado e recuperado, segundo Fabrício Lucindo, equivale a R$ 10 mil. “As polícias civil e militar recuperaram relógios, perfumes e óculos de sol. Os dois foram conduzidos para a Delegacia Regional de Linhares, onde foi lavrado o flagrante e logo depois a mulher foi encaminhada para o presídio de Colatina e o homem para a PRL em Linhares”, explica o chefe da DRL.

Os investigados irão responder pelo crime de furto qualificado, com pena prevista, se forem condenados, de 2 a 8 anos de prisão. “Um terceiro elemento já está identificado e a Polícia Civil continua realizando diligências para tentar localizá-lo.”, disse o delegado.

O material recuperado estava escondido entre o forro e o telhado da casa dos investigados. “O material recuperado foi devolvido para o comerciante”, concluiu Fabrício.

2 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias