Sábado, 19 de Setembro de 2020
27 99808-4347
Geral Vamos ajudar

Colina: Kiki foge, e 3 crianças nem dormem mais direito

A cachorrinha toma remédio controlado, e foi vista nas imagens do sistema de segurança. quando foi acolhida.

10/08/2020 18h57
Por: Redação
Colina: Kiki foge, e 3 crianças nem dormem mais direito

Três crianças, a mãe e o pai delas e todos que sabem da existência dessa lindinha da foto, estão na esperança de que a cadelinha, uma Shitzu de 5 anos que atende pelo nome de Kiki, esteja logo de volta ao lar.

Kiki fugiu na quinta-feira (6), às  19h08, no bairro Colina,mais precisamente na Avenida  Vitória, próximo a Configure e Rodrigo Pneus. “As crianças estão desoladas, já não se alimentam direito. Nós, adultos, estamos com o coração na mão porque a Kiki sofre de problemas cardíacos e precisa dos remedinhos dela”, conta a leitora ao procurar o “Au, Au, Miau”.

A família procurou por imagens e viu a Kiki passando pela rua e também quando duas pessoas a acolheram. “A colocaram dentro de um Fiorino branco e a levaram. Sei que são pessoas do bem, que a acolheram para que ela não fosse atropelada ou algo parecido. Por isto peço, pelas três crianças que estão tristes, por nós, entrem em contato conosco”, pediu a dona do animal.

Conforme já explicado, Kiki  sofre de problemas no coração e toma remédio controlado. “Por favor, quem viu a Kiki, ou a acolheu e está lendo essa mensagem, procurem-nos. A kiki tem a mãezinha dela que está com depressão, não quer se alimentar. E tem meus 3 filhos que choram todos os dias sentindo falta dela. Me ajudem, são noites sem dormir desde o desaparecimento da nossa Kiki. Estamos desesperados atrás dela”, concluiu a leitora, que deixou os seguintes contatos com a família:27 99810-9170. 27 99720-9870 e 27 3151-4444.

1 comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias