Terça, 25 de Janeiro de 2022
27 99808-4347
Dólar comercial R$ 5,48 -0.206%
Euro R$ 6,18 -0.552%
Peso Argentino R$ 0,05 -0.427%
Bitcoin R$ 214.863,36 +0.244%
Bovespa 108.267,85 pontos +0.31%
Economia Frio!

Chegada do inverno pode interferir na produtividade no campo

Produtores rurais devem estar atentos a alguns sinais.

08/06/2020 09h03
Por: Redação
Chegada do inverno pode interferir na produtividade no campo

Estamos vivendo os últimos dias do outono de 2020. A partir do próximo dia 20, tem início a estação mais fria do ano, caracterizada pelos dias mais curtos e pelas noites mais longas e com temperaturas menores.

Neste período, as plantas podem apresentar comportamentos diferentes. Por isso, os produtores rurais devem estar atentos a alguns sinais. Como a grande maioria dos cultivos de nossa região faz uso de espécies vegetais de origem tropical, elas são bastante afetadas por esta troca de estações.

Continua depois da publicidade

Plantios afetados

Segundo o engenheiro agrônomo Elídio Torezani, diretor da Hydra Irrigações, esse é o caso das plantações de café conilon, banana, coco, mamão e gramíneas usadas em pastagens. “No inverno, os processos fisiológicos dessas plantas são desacelerados e isso se reflete na produtividade e no crescimento, que ficam mais lentos”, ressalta.

Continua depois da publicidade

Para se adequar as condições de clima comuns no inverno, o agricultor deve montar uma estratégia e evitar desperdícios e consequentemente, prejuízos financeiros ou às plantas com erros na irrigação, aponta Torezani.

Volume de água

Assim como os processos fisiológicos, o consumo de água por essas espécies é reduzido no frio. “Se as irrigações continuam a ser feitas na mesma intensidade do verão, haverá um volume em excesso que pode trazer prejuízos à planta”, pontua o engenheiro agrônomo.

Continua depois da publicidade

No inverno, as chuvas são mais escassas e, com isso, a oferta de água de nossos mananciais diminui. Esse cenário exige uma gestão mais adequada e assertiva do recurso natural para que não falte água com o passar dos meses até que ocorram novos picos de chuvas para o reabastecimento das fontes.

Monitoramento

Continua depois da publicidade

Elídio Torezani enfatiza que sensores ou equipamentos que permitam monitorar essas mudanças de comportamento vegetal são ferramentas de extrema importância para administrar essas mudanças.

“Esses dispositivos, como os tensiômetros e estações meteorológicas, traduzem com muita fidelidade informações e são de fácil uso e entendimento. Basta o agricultor buscar a melhor alternativa para a sua produção”, afirma, destacando que o mercado e as empresas especializadas no segmento de irrigação estão ofertando alternativas cada vez mais variadas para atender essa demanda.

Confira as principais mudanças para a produção no campo durante o inverno: Ajustar a irrigação; Monitorar as condições climáticas; Acompanhar as mudanças no comportamento das plantas; Fazer uma gestão eficiente da água disponível.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias