Segunda, 13 de Julho de 2020
27 99808-4347
Dólar comercial R$ 5,39 1.21%
Euro R$ 6,12 +1.712%
Peso Argentino R$ 0,08 +1.198%
Bitcoin R$ 52.823,69 +0.334%
Bovespa 98.697,06 pontos -1.33%
Economia Coronavírus

Pandemia: Arrecadação de de royalties cai consideravelmente em Linhares

É a primeira vez, desde o início de 2017 que se viu tamanha queda em relação ao ano anterior, diz PML.

25/05/2020 11h17 Atualizada há 2 meses
Por: Redação
Pandemia: Arrecadação de de royalties cai consideravelmente em Linhares

A Prefeitura de Linhares teve uma perda de mais de R$ 5 milhões em arrecadação com royalties e participações especiais de petróleo e gás natural neste mês de maio. A queda está relacionada à baixa dos preços do barril de petróleo no mercado internacional e à redução da atividade econômica com a pandemia da Covid-19.

Em números, a queda representa uma retração de 55% em relação ao mesmo mês de 2019. Isto é, o repasse caiu de R$ 9,13 milhões para R$ 4,10 milhões. O cálculo é parte de previsões atualizadas de receitas do Município divulgadas pelo secretário municipal de Finanças e Planejamento, Bruno Margotto Marianelli, nesta quinta-feira (21). 

É a primeira vez, desde o início de 2017 que se viu tamanha queda em relação ao ano anterior. “Por enquanto, a poupança dos royalties hoje conta com mais de R$ 50 milhões. Entretanto, ela foi criada, inclusive, para momentos de crise como este e, se necessário, vamos mexer nesses recursos para implementar as políticas públicas necessárias neste momento de pandemia”, explica Marianelli.

Mesmo assim, o secretário é cauteloso e explica que quem recebe royalties de petróleo precisa estar preparado para esses momentos de queda. "Toda arrecadação obtida da extração de petróleo e gás é volátil, porque os preços e o câmbio flutuam. É finita também, pois os recursos acabam. Por isso devem ser bem administradas”.

O prefeito de Linhares, Guerino Zanon, já previra essas quedas brutais de recursos por conta dos vários fatores desta crise gerada pela pandemia. “A situação é grave, desde o início do governo venho chamando atenção sobre estas quedas nos royalties do petróleo e agora ficou muito pior. Infelizmente a tendência é essa, por isso sempre busquei reduzir o custo da administração pública, sei que são medidas duras, mas são aquelas dentro da verdade dos números que temos. Estamos enfrentando tudo isso com responsabilidade e adaptando o município para que possamos dar um futuro novo à cidade. Vamos vencer essas dificuldades sendo transparentes com a população, num momento em que precisamos de muita união e trabalho”, disse. (Fonte e foto: PML).

2 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias