Segunda, 01 de Março de 2021
27 99808-4347
Saúde Trotes

Central de Ambulâncias de Linhares é alvo de 20 trotes por dia

Saiba que a linha 156 detecta quando a chamada é verdadeira, e que trote é crime.

26/04/2020 09h12 Atualizada há 10 meses
Por: Redação
Central de Ambulâncias de Linhares é alvo de 20 trotes por dia

Pelo menos 20 pessoas atrapalham diariamente os trabalhos na Central de Ambulâncias da Prefeitura de Linhares, através de trotes em plena pandemia do novo coronavírus. A linha direta com o sistema (156), sempre que acionada, deixa em alerta a equipe, mas todo empenho cai por terra quando os servidores deparam-se com o alarme falso.

Leu? Daniel foi assassinado no dia d aniversário. Crime aconteceu na noite de ontem, no Nova Esperança

De acordo com a Prefeitura de Linhares, os trotes são mais intensos em certos dias. Para se ter uma ideia, apenas um atendente recebeu durante dois dias de plantão, 30 trotes.

A Central de Transportes, órgão vinculado à secretaria municipal de Saúde, faz o apelo para que as pessoas não brinquem com falsas chamadas, que ocupam as linhas telefônicas, causam atrasos no serviço e fazem com que um atendimento prioritário deixe de ser feito com a devida rapidez, podendo levar à morte de algum paciente.

Os atendentes geralmente detectam quando se trata de caso de trote, já que há um padrão de comportamento por parte de quem passa a informação mentirosa ao serviço. E vale lembrar, que trata-se de um ato criminoso, previsto no Código Penal Brasileiro que, no artigo 266, que prevê detenção de um a seis meses para quem o pratica. No caso de menores cometerem o delito, os pais ou responsáveis são quem assumem a culpa.

Ao discar o número 156, o cidadão está ligando para uma central de regulação que conta com profissionais treinados para definir o tipo de atendimento, a ambulância e a equipe adequados a cada caso. Há situações em que basta uma orientação por telefone para salvar uma vida.

As equipes trabalham para prestar atendimento no menor tempo possível, já que atuam no local de ocorrência do problema e ainda fora do ambiente hospitalar. O programa oferece o direcionamento para o serviço mais próximo e adequado, assim a equipe que está na ambulância ganha tempo (diminui a relação tempo/resposta). E é justamente essa agilidade que se perde quando o serviço fica carregado com falsas chamadas. As informações são da PML.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias