Coronavírus Linhares

Câmara de Vereadores fechada em Linhares

Prazo de suspensão estipulado pode ser prorrogado.

21/03/2020 06h44
Por: Redação

Como uma das formas de evitar o avanço do coronavírus em Linhares, o presidente da Câmara Municipal, Ricardo Bonomo Vascncelos, determinou que as atividades do Legislativo sejam suspensas. O decreto passa a valer a partir da próxima segunda-feira (23).

De acordo com a decisão, servidores e funcionários vão voltar às funções somente no dia 6 de abril. “É uma decisão extrema, mas estamos seguindo uma tendência nacional. Uma das maneiras de evitar a contaminação é a de, justamente, não ter contato com outras pessoas. Todo o pessoal foi recomendado a ficar em casa durante esse período”, explica o presidente.

Ainda de acordo com Bonomo, o prazo de suspensão pode ser prorrogado de acordo com a situação do município que, atualmente, segundo o último boletim da Prefeitura de Linhares divulgado nessa sexta-feira (20), tem dois casos confirmado da doença em Linhares; 43 casos notificados; 34 coletadas; 09 a serem coletadas; 13 descartados; e 19 amostras aguardando resultado.

Alguns servidores da Casa, responsáveis por setores importantes, vão continuar trabalhando à distância, no chamado home office. “Setor de contabilidade, comunicação e compras continuam trabalhando, mas de forma remota. Se tiver a necessidade de uma sessão extraordinária, por exemplo, aí a gente convoca outros setores, funcionários e vereadores”, esclarece Bonomo.

Com a suspensão das atividades, o decreto que adiantou férias de funcionários foi revogado para não prejudicar o direito dos trabalhadores. Além disso, no período de suspensão, servidores e funcionários não vão ser penalizados com falta.

As informações são da Assessoria de Comunicação do Legislativo.

4comentários
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários