Sábado, 15 de Agosto de 2020
27 99808-4347
Polícia Briga na Lagoa

Briga provoca correria em lagoa paradisíaca de Rio Bananal

Foi na noite deste domingo (12), e a Polícia Militar foi chamada.

13/01/2020 17h37 Atualizada há 7 meses
Por: Redação
Briga provoca correria em lagoa paradisíaca de Rio Bananal

Teve correria no início da noite deste domingo (12) durante confusão na Lagoa Jesuína, local muito elogiado e tido como paradisíaco do Norte do Estado, e que fica localizada no município de Rio Bananal. A lagoa atrai muitos linharense.

Uma pessoa que trabalhava no local disse ao Site u Vi em Linhares que teve briga um pouco afastada da aglomeração de pessoas, mais nos fundos e a segunda foi onde estavam as pessoas que emendaram a tarde com o início da noite do domingo de temperatura alta.

"Um cara estava armado e quase esfaqueou outro. Um segurança foi tentar apartar e acabou agredido na testa. A primeira confusão começou nos fundos, a segunda foi mais grave, porque a pessoa de má índole estava armada com faca. Uma pessoa vestida com camisa do Flamengo também estava armada. Muitos latões de cerveja foram arremessados e ficamos com medo. Foi difícil controlar, e a situação foi totalmente controlada com a chegada da Polícia Militar. A confusão acabou por volta das 21h30", disse o leitor.

Ainda de acordo com a testemunha, um dos envolvidos na briga foi até o carro, bem mais calmo, mas prometeu voltar. "Ainda bem que quando ele voltou a polícia já tinha chegado, ou nem sei o que poderia ter acontecido", concluiu.

Ainda segundo o leitor, as armas teriam sido jogadas no mato, e nada de ilícito teria sido encontrado pelos policiais que atenderam a ocorrência. Nós tentamos contato durante a tarde desta segunda-feira com os responsáveis pelo local, mas não conseguimos. Contudo, o espaço está aberto caso haja interesse de manifestação: 27 99808-4347.

Atualização - Antonio Bronholi, responsável pelo local, explicou que o fato ocorreu já com a festa encerrada, e a grande maioria do público já não estava mais na lagoa. A respeito de pessoas armadas no local, ele afirmou que a informação não procede. "O que ocorre é que em áreas estabelecidas da lagoa o churrasco é permitido, então, levam-se facas, tábuas, espetos e outros apetrechos que acharem necessários. Devido ao fato de sermos uma lagoa que não cobra entrada, o aumento de visitantes está crescendo cada vez mais e, por isso, a  segurança particular do local já está sendo aumentada, assim como a patrulha da Polícia Militar. Também contamos com sistema de monitoramento por vídeo", disse ele.

4 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias