Quarta, 05 de Agosto de 2020
27 99808-4347
Geral Som controlado

Caixinhas de som proibidas e controle de decibéis nos carros geram reclamações no Pontal

Prefeitura de Linhares explica sobre as determinações.

28/12/2019 09h01
Por: Redação
Caixinhas de som proibidas e controle de decibéis nos carros geram reclamações no Pontal

Show pirotécnico na virada do dia 31 para o dia 1º, atrações musicais, como Os Bambaz, Glauco, Filipe Fantin, Banda Comichão, Pagina 7, Elias Filho, João Victor e Vinícius, Fernanda Pádua, Banda Staff e Banda Neon além do tradicional Trio Fubica na programação que começou ontem, dia 27. Mas as determinações impostas sobre som automotivo e “caixinhas de som”, são motivos de muitas reclamações por parte de quem gosta desse tipo de diversão nas praias de Linhares.

Leu? Programação completa (e detalhes sobre proibição das caixinhas de som) de Réveillon nas praias de Linhares

Para os reclamantes, 70 decibéis para os carros de som “é pouco”, e a proibição de som vindo das chamadas caixinhas, “é o fim do mundo”, aliás, da diversão. Um frequentador do balneário que atrai maior número de público em Linhares, o Pontal do Ipiranga, diz: “Já não tem nada em Linhares, e guando o povo quer se divertir, eles inventam um monte de besteira para afastar os turistas. Até a caixinha de som? Fala sério! Já acabaram com a Expo Linhares, agora estão querendo acabar com o Pontal”, justificou.

E são muitas as reclamações em torno das determinações impostas sobre o som nas praias de Linhares. A Prefeitura esclareceu sobre o fato ao divulgar a programação: “Os carros flagrados com o som acima de 70 decibéis poderão ser multados e até recolhidos por agentes de trânsito da Polícia Militar e da Guarda Municipal de acordo com o que determina a legislação. Os agentes ambientais da Prefeitura também irão fiscalizar os proprietários de carros que ultrapassarem este limite.

Também há uma resolução que som audível fora do carro independente de decibéis é passível de multa. Além da multa, o proprietário poderá perder cinco pontos na carteira.”

E tem mais: “Existe ainda um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), firmado entre o Ministério Público, Secretaria de Segurança Pública , Secretaria de Meio Ambiente e 12º Batalhão de Polícia Militar, para tolerância zero, inclusive com possível recolhimento das “caixinhas” de som que estiverem perturbando o sossego, seja na via pública, na areia da praia ou em residências, com aplicação rigorosa da notificação municipal que gera multa de aproximadamente R$ 1 mil”.

91 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias