Quarta, 05 de Agosto de 2020
27 99808-4347
Política Polêmica

Que prevaleça o clamor popular, diz Ricardinho sobre salário de R$ 1,5 mil e redução para 9 vereadores em Linhares

Presidente da Câmara afirma que não mudou de ideia mesmo após resultado de audiência pública de quinta-feira (19)

21/12/2019 17h28
Por: Redação
Que prevaleça o clamor popular, diz Ricardinho sobre salário de R$ 1,5 mil e redução para 9 vereadores em Linhares

“Estou com o povo, foi o clamor popular que pediu a redução do número de vereadores e do subsídio, aonde tivemos aqui na Câmara um protesto feito no dia 18 do mês passado. Entendo que devemos ter a sabedoria e entender que estávamos indo na contra mão que o Brasil, e do nosso cidadão linharense,  sendo assim o projeto para dedução do números de vereadores para 9, no qual eu, Ricardo Bonomo Vasconcelos sou a favor , estará em votação na segunda-feira, dia 23 de dezembro”.

As palavras acima são do vereador e presidente da Câmara Municipal de Linhares, Ricardo Bonomo Vasconcelos, o Ricardinho da Farmácia, quando buscamos por informações sobre a expectativa da sessão que poderá mudar os rumos nas eleições municipais, no ano que vem.

Audiência Pública quer 17 e não 9
Ricardo Bonomo Vasconcelos disse ao Site Eu Vi em Linhares que sua posição não muda, mesmo diante do resultado da audiência pública realizada na quinta-feira (19), na CML. Na ocasião, a maioria dos inscritos para usar a palavra na Tribuna Livre se disse favorável ao quantitativo de 17 vereadores, número indicado no projeto de lei reprovado pelos vereadores. A audiência teve como base o dispositivo do artigo 29 da Constituição Federal que prevê o número de vereadores de acordo com o número de habitantes nos municípios brasileiros. De acordo com esse artigo, Linhares pode ter até 21 vereadores.

E Ricardinho, quando lembramos o que aconteceu na audiência, foi irredutível: “ignorando os oportunistas, estou com o povo, o clamor popular que pediu a redução do número de vereadores e do salário dos vereadores. Todos viram, a imprensa noticiou, tivemos vídeos ao vivo na internet por parte da própria população pedindo isto, que o número de vereadores fosse reduzido, e que o salário dos vereadores seguisse também esse caminho, e foi esse o caminho que tomamos”, disse ele.

Ainda sobre a próxima Sessão Ordinária, o presidente da Câmara disse: “Espero que possamos encerrar esse assunto tanto no projeto reduzindo o  número de cadeiras para vereança, quanto o valor do subsídio mesmo ainda não liberado pelas Comissões, mas, na condição de presidente, vou pedir aos colegas das comissões que emitam o parecer do projeto para que possamos dar um fim nesse processo e, desse modo, dar a resposta para a sociedade”, anuncia ele, que prosseguiu:
“Inclusive, tenho recebido algumas ligações de alguns presidentes de outros municípios querendo cópia do projeto para aderirem à nossa opinião. Estou confiante que o projeto seja aprovado diante da assinatura de 11, dos 13 vereadores”, concluiu o presidente da Câmara de Vereadores de Linhares.

Hoje a Câmara Municipal de Linhares conta com 13 vereadores, e cada um recebe, R$ 6.170,00 brutos. O projeto sobre a remuneração prevê R$ 1,5 mil, ou seja, pouco menos que dois salários mínimos. Sobre a quantidade de vereadores, o outro projeto polêmico quer um total de 9 vereadores, e não 17, como prevê a proposta anterior.

Vale lembrar que, sobre o salário dos vereadores, a Câmara tem até a última semana de setembro de 2020 para votar. É importante que a população compareça à sessão da próxima segunda (23), às 18h. A Câmara Municipal de Linhares fica no bairro Colina, em frente ao Ceim Agnelo Guimarães.

11 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias