13 não!

Rejeitado 13, e redução para 9 edis passa em 1º turno em Linhares. Saiba como cada vereador votou

É a polêmica do ano que antecede as eleições de 2020

11/12/2019 10h06Atualizado há 2 meses
Por: Redação

A ideia de reduzir para 9 o número de vereadores na Câmara Municipal de Linhares passou em em 1º turno na Câmara Municipal. Tobias Cometti, Edimar Vitorazzi e Carlos Almeida Filho foram os únicos contrários. A Emenda à Lei Orgânica reduzindo o número de vereadores para 9 foi votada em 1º turno e aprovada por 10 vereadores: O presidente da Casa, Ricardo Bonomo Vasconcelos, o Ricardinho da Farmácia; Francisco Tarciso Silva, Marcelo Pessoti, Estéfano Silote, Gelson Luiz Suave, Pedro Joel Celestrini, Jean Menezes, Fabrício Lopes, Pâmela Maia e Odeir Rogerio Bissoli, o Rogerinho do Gás.

Na mesma Sessão foi reprovada a Emenda que previa 13 vereadores para a próxima Legislatura. A Sessão Ordinária aconteceu na segunda-feira (09), e a Emenda n⁰ 5854/2019 que previa 13 vereadores para a próxima Legislatura foi reprovada. A Assessoria de Comunicação da Casa informou que que a iniciativa foi proposta pelo vereadores Estéfano Silote, e assinada também por Tobias Cometti, Tarcísio Silva, Edimar Vitorazzi e Carlos Almeida.

Mas a emenda caiu, com votos contrários de Gelson Suave, Joel Celestrine, Jean Menezes, Fabrício Lopes, Rogerinho do Gás e o Presidente Ricardo Bonomo.

A Emenda à Lei Orgânica reduzindo o número de vereadores para 9, após votada em 1º turno e aprovada por 10 vereadores,  será novamente apreciada em 2º turno no prazo regimental de 10 dias, e a votação é prevista para o dia 23 de dezembro. Já sobre a redução do salário dos vereadores para pouco mais de R$ 1,5 mil, o presidente da Câmara Municipal disse que se dependesse somente dele, "já teria colocado em votação, mas que depende das comissões emitirem seus pareceres para que coloque em apreciação e votação em plenário".

As Sessões Ordinárias na Câmara Municipal acontecem às 18h, às segundas-feiras, e o público pode comparecer para acompanhar os trabalhos. A sede do Legislativo fica no bairro Colina, em frente ao Cein Agnelo Guimarães, logo após o chamado tobogã.

 

17comentários
500 caracteres restantes.
Seu nome
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
VEJA TAMBÉM
Ele1 - Criar site de notícias