Na praça do Araçá

Vai cair na cabeça de um, diz morador sobre condições de coberturas na praça no Araçá

Fotos do local foram enviadas para a nossa Redação.

30/11/2019 17h48Atualizado há 2 semanas
Por: Redação

Moradores do bairro Araçá reclamam da falta de manutenção da praça, área de lazer que se transformou em um problema nos últimos dias. O local, conforme informou uma mulher, é uma espécie de point para venda e consumo de drogas. Tem, também, reclamações sobre a falta de manutenção, e na quinta-feira (28), segundo ela, a sustentação e telhado da cobertura de uma das mesas com bancos desabaram.

Felizmente, ninguém saiu ferido, mas a moradora contou que foi por muito pouco, pois, minutos antes outra mulher que frequenta a praça diariamente para o filho brincar no parquinho, estava sentada exatamente no banco sob a referida cobertura.

Outro leitor disse: “Olha, isso aqui caiu na quinta-feira e quase teve acidente, os outros telhados estão prestes a desabar e vão acabar caindo na cabeça de um”, disse o morador. Segundo ele, o material que por pouco não caiu na mulher que leva o filho para brincar, continua no local. “Nem vieram retirar. Mas veja as condições das outras coberturas e também como estão os brinquedos. Precisa de reforma urgente”, completou.

Os reclamantes foram unânimes ao pedirem segurança, e dizer que uma base da Polícia Militar existente na praça só fica fechada. “Pelo menos um Guarda municipal poderia ficar aqui de dia e outro de noite. O tráfico de drogas rola solto. Um lugar tão bonito, e está desse jeito”, lamenta um deles.Nós buscamos por uma resposta junto ao plantão da Prefeitura de Linhares, ainda na manhã desse sábado (30), e a informação é que a situação estava sendo apurada. Um morador, contudo, após reclamar da falta de manutenção, disse que o local estaria prestes a passar por reforma, mas não soube informar detalhes.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
VEJA TAMBÉM
Ele1 - Criar site de notícias