PRF perde Lua

Cadela Lua morre de parada cardíaca provocada por fogos durante vitória do Flamengo

Foi primordial nas inúmeras apreensões de entorpecentes, diz PRF

Au, au, Miau

Au, au, MiauBlog Au, au, Miau

25/11/2019 08h40Atualizado há 3 semanas
Por: Redação

Alegria de muitos e tristeza pela perda de uma importante peça na apreensão de drogas por parte da Polícia Rodoviária Federal (PRF), a cadela farejadora Lua não conseguiu superar o barulho provocado por fogos durante a vitória do Flamengo na Libertadores, e morreu.

O animal, que tinha 4 anos de idade, morreu na tarde deste sábado (23), e a informação do Núcleo de Comunicação da Polícia Rodoviária Federal foi passada na manhã dessa segunda (25). “K9 Lua” sofreu uma parada cardíaca.

A nota da PRF diz: "Nossa querida cadela farejadora “K9 Lua” sofreu uma parada cardíaca desencadeada por fogos de artifício em razão do jogo entre Flamengo x River Plate, e foi encontrada já sem vida em sua ala."

"A nossa cadela policial vai deixar saudades, na certeza que seu trabalho foi de grande feito à instituição, que desde 2016, ajudou e foi primordial nas inúmeras apreensões de entorpecentes realizadas em parceria com os policiais do Grupo de Cães (GOC) da Polícia Rodoviária Federal no Estado do Espírito", completa a nota.

Os cães têm ouvidos muito sensíveis, capazes de ouvir timbres inaudíveis para os humanos. Ou seja, se para nós o espetáculo já é bem barulhento, para eles é um enorme estrondo! Tamanha sensibilidade pode até causar dor no animal ou danificar a audição de um filhote, ou causar o óbito, como aconteceu com Lua.

7comentários
500 caracteres restantes.
Seu nome
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
VEJA TAMBÉM
Ele1 - Criar site de notícias