Não procede

Fake News: Suposta nova greve da PM assusta e deixa linharenses em alerta

Notícia viralizou em poucas horas de publicação nas redes.

07/11/2019 05h46Atualizado há 2 semanas
Por: Redação
9.600

"Olha, que estamos insatisfeitos, é a pura verdade. Mas essa notícia não procede. É falsa". A garantia é de um policial militar, que se engloba na "categoria" dos que atuam nas ruas, os cabos, soldados e sargentos. Ele falou sobre uma informação contando um suposto movimento organizado para começar  na sexta-feira (15). O título da publicação nas redes é "A polícia do Espírito Santo vai parar".

O policial, que por motivos de exposição indevida não quer ter o nome divulgado, reclamou da falta de efetivo e disse que realmente as condições de trabalho "não são as melhores", mas em seguida voltou a garantir que a publicação sobre a greve "trata-se de fake news.

Nós recebemos de diversos leitores questionamentos sobre a suposta justificativa do suposto movimento, todos preocupados. Alguns praticamente desesperados com relação a Linhares, onde aumentou o número de homicídios nos últimos dias.

O texto da notícia falsa pede para que a população se prepare, bem como os policiais. Mas, conforme afirmação do policial acima, que pede para ter o nome preservado, a notícia é falsa.

O espaço está aberto para entidades do setor que queiram se manifestar: 27 99808-4347.

 

2comentários
500 caracteres restantes.
Seu nome
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
VEJA TAMBÉM
Ele1 - Criar site de notícias