Quinta, 04 de Março de 2021
27 99808-4347
Polícia Morte natural

Pontal do Ipiranga: Cláudio não foi assassinado, diz vizinho que conversou com PM

Corpo foi encontrado na manhã dessa terça (22).

22/10/2019 11h39 Atualizada há 1 ano
Por: Redação
Pontal do Ipiranga: Cláudio não foi assassinado, diz vizinho que conversou com PM

Muito sangue, viatura policial, rabecão (carro que transporta cadáver) e falta de pessoas do setor competente que atendem a imprensa. O conjunto resultou na informação por parte de alguns veículos de comunicação, inclusive o Site Eu Vi em Linhares, de que havia acontecido mais um homicídio em Linhares, o que aumentaria a lista negra de tantos crimes do gênero no município nos últimos 10 dias. Contudo, somente após as veiculações é que pessoas interessadas no assunto divulgaram que a vítima não havia sido assassinada, e sim morreu de causas naturais. Um vizinho disse que a vítima se chamava "Claudionor" e atendia pelo apelido de "Montanha".

Por conta de perseguição que sofreria caso tivesse o nome divulgado, um servidor garantiu que "até que tentou passar a informação, mas foi advertido caso informasse". Contudo, ele também garantiu que, "apesar de sangue na casa, a vítima teria vomitado e evacuado sangue, e foi encontrada sem vida na cama". Desse modo, o Site Eu Vi em Linhares espera menos burocracia e impedimento por parte de responsáveis pelo repasse de informações para a imprensa. Abaixo confira a notícia que foi dada considerando as características do fato, as pessoas e setores envolvidos e, sobretudo, o índice que aponta quase um homicídio por dia em Linhares nos últimos 10 dias:

"Aumentou a lista negra das vítimas de homicídios em Linhares nos últimos 10 dias. A Polícia Militar foi chamada a uma residência, no balneário de Pontal do Ipiranga, onde pouco antes das 10h dessa terça-feira (22) foi encontrado ensanguentado o corpo de Claudio Pereira da Silva.

Claudio, era muito conhecido no balneário, trabalhou por muito tempo como servidor público municipal. O corpo foi encontrado caído dentro de casa, na Terceira Avenida Comercial, e o fato foi descoberto quando ele foi chamado e não respondeu. Ainda não há informações sobre autoria e motivação do crime.

A comunidade de Pontal do Ipiranga está abalada com a violência. A perícia foi acionada para remoção do corpo ao Serviço Médico Legal de Linhares. Denúncias podem ser feitas através do 181, anonimamente."

4 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias