Sábado, 18 de Setembro de 2021
27 99808-4347
Polícia Sombra de novo

Fui mijar: Adolescente tenta enganar PM em esconderijo de maconha no Movelar

Foi na tarde desta quinta-feira (19).

19/09/2019 17h57 Atualizada há 2 anos
Por: Redação
Fui mijar: Adolescente tenta enganar PM em esconderijo de maconha no Movelar

Um tablete de maconha pesando aproximadamente 250g; e outros tabletes menores e uma bucha da mesma droga, além de uma balança de precisão e um rolo de plástico filme. Tudo estava bem escondido em uma mata, sob uma sustentação de MDF e folhagens, em um esconderijo quase perfeito, no bairro Movelar.

Questionado ao ser visto saindo do local, um adolescente de 16 anos disse que foi "mijar". Mas a perfeição caiu por terra quando o policial Sombra e equipe fizeram uma varredura no local. O infrator, de acordo com o Boletim Unificado 40430994, havia sido denunciado minutos antes.

Continua depois da publicidade

De acordo com o Boletim Unificado, a guarnição foi informada sobre a ação do infrator quando estava próximo a um campo, na Rua Canela. As denúncias deram conta de que um indivíduo trajando camisa escura e bermuda havia descido com uma sacola nas mãos e a suspeita é que teria drogas na sacola.

Na checagem, os policiais viram o denunciado saindo da mata e na abordagem seguida de revista nada de ilícito foi encontrado.

Continua depois da publicidade

E a justificativa de que ele foi urinar foi sustentada quando ele se prontificou a levar a guarnição ao local em que havia feito sua necessidade. Contudo, ao efetuar as buscas nas imediações, lá estavam a droga e demais materiais dentro de uma sacola, e escondidos sob as folhas.

O relatório cita que foram entregues à Polícia Civil: um tablete de maconha pesando aproximadamente 250g; seis tabletes pequenos de 25g cada; e 15 tabletes da mesma droga, de aproximadamente 10g cada, além da bucha e os outros materiais citados acima.

O adolescente disse que a droga não é dele, mas diante das características que foram passadas na denúncia, a situação se complicou. Os policiais informaram que ele seria levado para a delegacia para as devidas explicações, e pediram que levasse a equipe até à casa de seus pais, mas o adolescente declarou que não haveria necessidade, porque  reside com seus avós e que, certamente, algumas das pessoas que presenciaram a abordagem informariam seus familiares.

Continua depois da publicidade

O adolescente foi colocado no banco de trás da viatura, sem algemas, para ser levado até a delegacia, no bairro Três Barras. O espaço está aberto, caso alguém queira reforçar a versão do apreendido: 27 99808-4347.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias