Quarta, 08 de Dezembro de 2021
27 99808-4347
Esportes Que lindo!

Quem quer, faz! Projeto promete mudar rotina de crianças no Residencial Rio Doce

Projeto teve inicio no último dia 19, segunda-feira

21/08/2019 09h06 Atualizada há 2 anos
Por: Redação
Quem quer, faz! Projeto promete mudar rotina de crianças no Residencial Rio Doce

“Quero um futuro melhor para elas, quero vê-las longe das drogas, por exemplo.” Diz João Vitor Souza Melo Fonseca, idealizador do “Arena Rio doce”, um projeto esportivo que passou a funcionar no último dia 19, no Residencial Rio Doce, as chamadas “casinhas do Aviso. A “arma” usada é o futebol.

Com 17 anos de idade, e muita disposição para atingir o objetivo, João Vitor é um desses seres humanos que abraçam aquela frase, “quem quer, faz”. Ele conta com apoio de outro guerreiro: Ademir Carvalho, que é coordenador do projeto. “Nosso tema é tirar as nossa crianças das ruas , e quem quiser participar, basta procurar pelo Ademir “, indica o treinador.

Continua depois da publicidade

O adolescente, que reside no Aviso, disse que tinha uniforme, chuteira, bolas, e tudo o mais para dar a sua parcela de contribuição. Na segunda-feira, arregaçou as mangas e foi fazer do sonho uma realidade. O “Arena Rio doce”, segundo ele, abre as portas para meninos que estudam de manhã e a tarde. “Quem estuda de tarde treina de manhã, e quem estuda de manhã, treina à tarde. O projeto funciona d segunda a quinta-feira, e vamos em frente até Deus nos permitir”, anuncia.

Tudo é feito na própria comunidade, cerca de 600 famílias que moram no Residencial Rio Doce, localizado às margens da Estrada do Pontal, sentido Centro/Pontal do Ipiranga. O endereço para encontrar o coordenador, conforme informou João Vitor, é a Quadra 018, número 265. “Desde já, agradecemos a todos que apoiarem esta ideia. Nossas crianças precisam”, concluiu o adolescente.

Continua depois da publicidade
4 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias