Segunda, 13 de Julho de 2020
27 99808-4347
Geral Apelo

Voluntária pede ajuda para encontrar cadela que fugiu no dia do enterro do filho

A cachorra foi acolhida após ser rejeitada pelos donos por ter contraído câncer

19/08/2019 06h37 Atualizada há 11 meses
Por: Redação
Voluntária pede ajuda para encontrar cadela que fugiu no dia do enterro do filho

Há quatro anos, uma leitora muito apegada à Xuxa, uma cadela do tamanho de uma pinche 3 que foi abandonada pelos donos quando foi diagnosticada com câncer, se desespera ao pedir ajuda para reencontrar o animal. Xuxa fugiu por descuido de alguém que deixou o portão aberto, em um dos dias mais tristes da vida da leitora, o dia em que ela sepultaria o filho, ainda bebê. Foi no bairro José Rodrigues Maciel, próximo ao Carneiro e Pizzaria do João, e perto da Linha Verde e bairros Jardim Laguna e Lagoa do Meio.

Rejeitada
Rejeitada pelos donos porque estava com câncer, a cachorra foi adotada pela nova dona, e esta providenciou tratamento, deu amor, carinho e conseguiu o diagnostico da cura: “Me dediquei, dei todo o meu amor, e ela já estava quatro anos comigo, saudável e curada. Temos uma ligação muito grande e não foi descuido meu, ela fugiu porque alguém deixou o portão aberto no dia do enterro do meu filho”, contou a leitora.

A teoria é que Xuxa esteja com alguém, e que algum leitor vai ajudar a cachorrinha voltar para casa. “Sempre fui cuidadosa, ela fugiu no dia do enterro do meu filho, não sei quem deixou o portão aberto, e está difícil ficar sem ela. Mesmo depois de seis meses que ela se foi, ainda tenho esperança de tê-la novamente. Por favor, qualquer informação é  só ligar nesse número (Foi omitido, pois o animal foi encontrado. Confira aqui)”, apela a dona do animal.

A leitora lembra que a cachorrinha Xuxa fugiu há seis meses, ela tem seis anos de idade, já superou o câncer (tumor ), e que antes, segundo ela, não teve cabeça para apelar por ajuda. Ela também disse que é protetora voluntária, possui outros quatro cachorros, e que tem outro filho, de cinco anos, muito apegado à Xuxa. Os telefones para contato:  (Foram omitidos, pois o animal foi encontrado. Confira clicando aqui).

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias