Segunda, 13 de Julho de 2020
27 99808-4347
Saúde Vez do leitor

Mosquitos provocam cenas inusitadas e afastam frequentadores da Praça 22 de Agosto

Eles acompanham a pessoa mesmo enquanto ela caminha, diz leitor

26/07/2019 16h06 Atualizada há 12 meses
Por: Redação
Mosquitos provocam cenas inusitadas e afastam frequentadores da Praça 22 de Agosto

Também conhecido como mosquito-pólvora, um minúsculo inseto voador, o maruim, tem afastado frequentadores da Praça 22 de Agosto, no Centro de Linhares, e provocado cenas inusitadas.

Quem o diga o leitor Crispim Costa da Silva, que nesta manhã de sexta-feira (26) procurou a nossa Redação para relatar o problema: “Caminho todos os dias na praça, e sofro com o incômodo causado pelos mosquitos maruim. Eles acompanham a pessoa mesmo enquanto ela caminha, e preciso ficar espantando. Se fico parado, os ataques se intensificam e é muito ruim”, relatou.

E Crispim prosseguiu: “Nas tardes de fim de semana as pessoas estão deixando de frequentar a praça, por conta desses mosquitos. É até inusitado a cena de pais e crianças se batendo quando percebem as picadas dos maruins. Parecemos macacos. Muitos pais recolhem os filhos e deixam a praça por conta desse mosquito”, completa o leitor, que pediu providências por parte do setor competente.

A Prefeitura de Linhares disse que a vigilância em Saúde informa que o aumento da incidência do “mosquito maruim” no município ocorre devido a um fenômeno natural, que coincide com a cheia do Rio Doce, e que o mosquito não é transmissor de nenhuma patologia.

Nota: O mosquito citado por Crispim Costa da Silva deixa vergões doloridos, inchados e muita coceira quando pica, o que pode até virar uma lesão mais grave em algumas pessoas.

Dicas
Lave o local com água morna e sabão. Sempre faça isso depois que tomar uma picada de inseto. O sabão limpa o local e reduz o risco de infecções. Ele também elimina a saliva deixada pelo mosquito na pele.

Não coce o local. É comum que a picada de maruim sangre um pouco. Além de desagradável e doloroso, isso aumenta o risco de infecções. E coçar não alivia o prurido, e só retarda a cicatrização.

Aplique uma compressa fria para reduzir o inchaço e a dor. Envolva a compressa de gelo em um pano e mantenha-a no local por 15 minutos em cada aplicação. Faça isso algumas vezes por dia nos primeiros dois dias após a picada.

Use Aloe vera para aliviar a coceira e a dor. Esse é um tratamento natural que pode amenizar a dor e a coceira causada pela picada do maruim. Basta aplicar um pouco do gel dando batidinhas no vergão. É possível achar Aloe vera na maioria das drogarias ou pela internet. Porém, ela deve ser pura. Não use uma loção corporal que contenha o ingrediente, por exemplo, pois ela provavelmente não vai ajudar muito.

3 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias