Quinta, 29 de Julho de 2021
27 99808-4347
Política Passagem

Apenas reclamar não adianta, diz estudante sobre fracionar compra de passes

Alteração de lei beneficia estudantes que não têm condições de fazer a recarga completa no cartão.

23/05/2019 09h25
Por: Redação
Apenas reclamar não adianta, diz estudante sobre fracionar compra de passes

O universitário Jhonathan Pafes, do curso de Direito de uma faculdade particular de Linhares, foi bem claro ao conversar com o Site Eu Vi em Linhares sobre a emenda à Lei °1059 de 29 de agosto de 1984, que dispões sobre a meia passagem aos estudantes. "Apenas reclamar, não adianta. Temos que buscar a solução do problema".

Aprovada na Sessão Ordinária de segunda-feira (20) por meio do Projeto de Lei 1812/2019, de autoria do vereador Ricardo Bonomo Vasconcelos, o Ricardinho da Farmácia, a emenda determina que estudantes de Linhares poderão comprar de forma fracionada os passes escolares ao longo do mês. Isto só foi possível após a proposta apresentada ao Legislativo pelas mãos de Jhonathan.

Continua depois da publicidade

O universitário repetiu que além de reclamar, a pessoa precisa buscar resolver o problema, cobrando de quem é de competência. "E foi isso que fiz. Apresentei e protocolei os ofícios, com a sugestão, e deu certo. Fiquei feliz, pois é bem difícil disso acontecer", completou o futuro advogado.

Morador do bairro Planalto, e com apenas 20 anos, o estudante de direito disse que são muitos os que não possuem condições de fazer a recarga completa do cartão. "Fica, agora, o alívio em saber que podemos recarregar de forma fracionada, mais de uma vez ao mês, a partir dessa alteração da Lei, tudo por conta de uma inciativa popular", lembrou.

Continua depois da publicidade

 O universitário explicou o percurso da proposta até chegar à aprovação para ser sancionada: "A proposta foi apresentada no Legislativo e no gabinete do prefeito, que aceitou a ideia sugerida e enviou a lei alterada à Câmara Municipal, onde foi aprovada pelos vereadores", disse ele.

E o estudante prosseguiu: "Foi muito difícil, tendo em vista que esse tipo de pauta requer muitas assinaturas. A ideia é gerar em nós, cidadãos, a consciência de que todos podem e devem cobrar dos nossos representantes, e isso é feito através de um movimento chamado Jumabi. Além desse ato, já cobrei melhorias em uma escola no bairro Nova Esperança, e também para o bairro Planalto, que agora está sendo pavimentado. Isso é uma grande conquista e serve de incentivo a nós contribuintes", concluiu.

Continua depois da publicidade
14 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias