Quarta, 27 de Outubro de 2021
27 99808-4347
Política Assembleia

ALES vai fiscalizar prefeituras que recebem recursos do Fundo para Desigualdades Regionais

Uma emenda foi apresentada, e traz novidades.

24/04/2019 17h53
Por: Redação
ALES vai fiscalizar prefeituras que recebem recursos do Fundo para Desigualdades Regionais

A Assembleia Legislativa do Espírito Santo aprovou na tarde desta quarta-feira (24) o Projeto de Lei 251/2019 que autoriza os municípios a utilizarem até 50% do Fundo para Redução das Desigualdades Regionais para despesas correntes em 2019 e 2020. Mas, dessa vez, o Poder Legislativo irá analisar as prestações de contas apresentadas pelas prefeituras, conforme estabelecido por uma emenda aditiva.

A prestação de contas de como as prefeituras utilizam esses recursos já estava garantido pela proposição inicial. A novidade apresentada na emenda é que a Comissão de Finanças, Economia, Orçamento, Fiscalização, Controle e Tomada de Contas deverá analisar e, estando de acordo, aprovar esta prestação de contas.

Continua depois da publicidade

Em caso de rejeição, o município estará impedido de utilizar os recursos provenientes do Fundo para pagamento de despesas correntes no próximo exercício financeiro.

Com 25 votos favoráveis, o projeto foi aprovado com a emenda e, agora, segue para a sanção do governador.

Continua depois da publicidade

Fundo

No Espírito Santo, 67 municípios são contemplados pelo Fundo para Redução das Desigualdades Regionais. Os recursos do Fundo são provenientes da receita de royalties que o Estado recebe como compensação financeira pela exploração do petróleo e do gás natural no litoral capixaba.

Pela legislação, do montante, 30% são repartidos entre os municípios segundo critérios que levam em conta a população, quanto cada um recebe de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) e de royalties.

Continua depois da publicidade

Por Guto Netto

Continua depois da publicidade
1 comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias