Quarta, 12 de Maio de 2021
27 99808-4347
Colunistas Tintim

Tintim por tintim: Você sabe o significado da letra do Hino Nacional? Delegado explica

Preste atenção, mostre aos seus filhos. É muito importante.

09/03/2019 10h19
Por: Redação
Tintim por tintim: Você sabe o significado da letra do Hino Nacional? Delegado explica

Ainda antes de começarmos a cantá-lo, a introdução dos instrumentos musicais faz arrepiar. O Hino Nacional Brasileiro é um dos quatro símbolos oficiais da República Federativa do Brasil. 

Joaquim Osório Duque-Estrada, é autor da letra do Hino Nacional Brasileiro; e Francisco Manuel da Silva é autor da música do Hino Nacional Brasileiro.

Continua depois da publicidade

E abaixo, Fabrício Lucindo Lima explica cada estrofe. Confira:

Meus caros Leitores, hoje gostaria de tratar de um assunto que ganhou notoriedade nos últimos dias na imprensa e em redes sociais. Nosso Hino Nacional e a polêmica se deveria ou não ser obrigatório canta-lo nas escolas.

Continua depois da publicidade

Primeiro gostaria de ressaltar que na minha época estudantil era obrigatório cantar não só o Hino Nacional, mas todos os outros Hinos: Bandeira, Independência, República, Hino do Estado do Espírito Santo e até o Hino do Exército Brasileiro eram todos decorados.  

Bom, para que se tome gosto por cantar o Hino Nacional, não basta decorá-lo, talvez seja preciso entender um pouco o significado dos seus belos e ricos versos, vejam o resumo abaixo:

Ouviram do Ipiranga às margens plácidas
De um povo heroico o brado retumbante

Continua depois da publicidade

Ouviram das margens calmas do Rio Ipiranga em São Paulo, o grito estrondoso de um herói que representava todo o povo brasileiro ( D. Pedro I).

E o sol da liberdade em raios fúlgidos
Brilhou no céu da Pátria nesse instante.

Continua depois da publicidade

Fúlgido significa brilhante, não dava para usar “brilhantes” e “brilhou” na frase seguinte; então, usaram “fúlgidos”, para não parecer repetitivo. O grito de "Independência ou Morte" transformava uma nação colonial em soberana e livre. O brilhante, “fúlgidos” e usado em oposição a obscuridade do colonialismo Português.

Se o penhor dessa igualdade
Conseguimos conquistar com braço forte,
Em teu seio, ó liberdade,
Desafia o nosso peito a própria morte!

Penhor equivale a garantia, segurança. O Brasil passou a ser independente e, portanto, conquistou a garantia da igualdade, ou seja, daquele momento em diante, Portugal e Brasil eram nações iguais. O povo brasileiro conquistou essa liberdade, através de sua força e coragem e não hesitará em enfrentar a própria morte, sem sentir medo.

Ó Pátria Amada,
Idolatrada
Salve! salve!

Idolatrar é transformar algo ou alguém em ídolo, no caso a Pátria.

Brasil, um sonho intenso, um raio vívido
De amor e de esperança à terra desce,
Se em teu formoso céu risonho e límpido
A imagem do Cruzeiro resplandece!

Vívido é intenso, ardente. Não dava para usar “um sonho intenso, um raio intenso”, então usaram “vívido”. “Formoso” é belo, “Límpido” transparente. “Resplandece” equivale a brilhar intensamente. Aqui o poeta compara o Brasil a um sonho intenso, porque ainda tem muito a realizar.

O Cruzeiro do Sul é uma constelação que aparece no céu do Brasil, ela tem o formato de uma cruz, que nos lembra Jesus Cristo e as práticas cristãs, ou seja, o Brasil está sob o amparo e a proteção de Cristo.

Gigante pela própria natureza
És belo, és forte impávido colosso,
E o teu futuro espelha essa grandeza.

O Brasil é o quinto maior país do mundo, naturalmente gigantesco.
“Impávido” significa sem medo, corajoso. “Colosso” é algo muito grande e não temerás nada e toda sua grandeza de hoje, irá se revelar no futuro.

Terra adorada, entre outras mil,
És tu Brasil, ó pátria amada! 
Dos filhos deste solo és mãe gentil, 
Pátria amada, Brasil!

Brasil, tu és nossa terra adorada e te escolhemos entre outras mil terras; tu és nossa pátria amada, mãe gentil, carinhosa, dos filhos deste solo, no caso, nós os brasileiros.

Deitado eternamente em berço esplêndido
Ao som do mar e à luz do céu profundo, 
Fulguras, ó Brasil, florão da América, 
Iluminado ao sol do Novo Mundo!

“Esplêndido” é maravilhoso, deslumbrante. “Fulgurar” é brilhar, resplandecer, sobressair-se entre os outros. “Florão” é uma decoração grande e bonita, em forma de flor.
A ideia é a de que a localização geográfica do Brasil é mesmo muito privilegiada, as montanhas, as matas, os rios, toda a natureza formam a imagem de um berço. 

"Ao som do mar", porque temos um litoral vasto com belíssimas praias; "e à luz do céu profundo", ensolarado típico dos trópicos. 
O "sol do Novo Mundo" coloca o Brasil mais uma vez como uma nação jovem e promissora. 
O Brasil possui uma localização espetacular, com uma natureza rica, muito mar e sol. Por isso, entre outras nações da América destaca-se como um grande e bela flor. 

Do que a terra mais garrida
Teus risonhos lindos campos têm mais flores, 
"Nossos bosques têm mais vida",
"Nossa vida" no teu seio, "mais amores".

“Garrida” é colorida, alegre e vistosa, ou  seja, nossa natureza é mais colorida e bela que a de outras terras, beleza e vitalidade. 
“Nossa vida”, “em teu seio” dentro de ti, Brasil. “Mais amores” nós brasileiros, por vivermos no Brasil, somos mais capazes de amar do que outros povos. 
as partes entre as aspas são citações de Gonçalves Dias, em “canção do exílio”

"Ó Pátria amada,
Idolatrada
Salve! Salve!

Já referido anteriormente

Brasil, de amor eterno seja símbolo
O lábaro que ostentas estrelado

Um “lábaro” era um estandarte muito usado pelos romanos e aqui está representado por nossa bandeira, repleta de estrelas. A bandeira é um estandarte e ela representa um amor eterno.

E diga ao verde-louro desta flâmula
Paz no futuro e glória no passado.

“Flâmula” é sinônimo de bandeira. O louro é uma planta usada para coroar os imperadores romanos, simbolizando poder e glória. O louro da bandeira simboliza um poder que venceu batalhas gloriosas no passado, quando isso foi necessário para se conseguir a independência e deseja a paz daquele momento em diante, pois o verde, além da esperança, também simboliza a paz.  

Mas se ergues da justiça a clava forte
Verás que o filho teu não foge à luta, 
Nem teme quem te adora a própria morte.

“Clava” é um pedaço de madeira pesado, que era usado como arma. “Mas se ergues” (levanta) a clava forte da justiça, ou seja, se o país tiver de lutar contra a injustiça, verás que um brasileiro não foge à luta e enfrenta a guerra. E quem te adora não teme nem a própria morte, os brasileiros são capazes de sacrificar suas próprias vidas para defender a pátria amada. 

Terra adorada, entre outras mil, 
És tu, Brasil, ó pátria amada! 
Dos filhos deste solo és mãe gentil, 
Pátria Amada, Brasil!

Já mencionado anteriormente.

Caros leitores, devemos concordar que nosso Hino Nacional é bem longo e somente uma parcela muito pequena da população consegue canta-lo sem que a música esteja tocando ao fundo. Uma parcela muito menor ainda, conhece o significado de seus belos versos, espero ter ajudado um pouco. Cantar o Hino Nacional voluntariamente é uma prova de destacado civismo. Conhecer o significado de seus versos, ajuda no sentimento de orgulho e de amor à Pátria.

*Fabrício Lucindo Lima é delegado de Polícia Civil

9 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias