Aracruz

Índios fecham estradas em Aracruz. Pontos de bloqueio começaram cedinho

Atenção quem tem compromisso em Aracruz nesta quarta-feira (27).

Eu Vi no ES

Eu Vi no ESBlog Eu Vi no ES

27/03/2019 06h59
Por: Redação

Atenção você, que precisa ir ao município vizinho de Aracruz nesta quarta-feira (27). Cerca de seis pessoas, com o dia ainda bastante escuro, começaram a interditar um dos acessos dentro do município. As aldeias indígenas de Aracruz fazem mobilização dentro do município, com veto nas estradas em quatro pontos, na rodovia Primo Bitti, na ES-010 próximo as aldeias Guarani; na Rodovia 257,  próximo ao trevo da aldeia Pau Brasil; e na Rodovia ES-010, próximo a aldeia Córrego do Ouro. 

Um comunicado foi enviado na noite desta terça (26) para a nossa Redação, e ele detalha a motivação desses atos. Confira abaixo:

"Comunicado 

A comissão de caciques dos povos indígenas  tupiniquim e Guarani comunica a toda sociedade de Aracruz e adjacentes:
O atual cenário político não é favorável as populações indígenas de todo o país. Em apenas 90 dias de governo várias políticas indígenas e indigenista foram extintas e estão programadas para extinguir-se.
No dia 1° de janeiro o primeiro ato do novo governo foi apresentar a medida provisória 870/19 que reorganiza as estruturas do governo e dentro desta proposta está a divisão da Funai em dois ministérios , a saber, ministério da agricultura e ministério da mulher, cidadania e direitos humanos , essa divisão significa colocar a responsabilidade de demarcação de terras indígenas nas mãos do agronegócio que são os maiores inimigos das populações indígenas do Brasil além de flexibilizar o licenciamento para empreendimentos se instalarem nas terras indígenas.
 Foi anunciado desde o dia 31 de janeiro pelo ministro da saúde que o subsistema de saúde indígena criado pela lei 9.836/99 que está dentro da lei 8080/90 é um sistema paralelo ao SUS e que os indígenas tem que estarem enquadrados dentro do SUS, mas a lei 9.836/99 é do SUS, com isso o ministro da saúde anunciou jogar a responsabilidade da saúde indígena para os municípios e mais, acabar com a secretaria especial de saúde indígena e criar um departamento de saúde indígena dentro da secretaria nacional de atenção primária( a ser criada ).
Isto é decretar a morte das populações indígenas no país, dos 5.558 municípios da federação 70% destes estão inadimplentes com a união e a maioria dos gestores destes municípios vivem em conflitos com as populações indígenas, então os municipios não tem as mínimas condições de fazer gestão dos recursos da saúde indígena. 
Já não está acontecendo mais ações de educação permanente e de controle social para que os nossos profissionais possam se atualizarem e os conselhos de saúde possam acompanhar, monitorar e avaliar as ações de saúde que são desenvolvidas em nossas aldeias.
Sabemos que existe várias irregularidades na Sesai, mas essas irregularidades devem ser apuradas e os infratores que paguem pelos seus erros e não a população indígena pagar por coisas que não cometeram.
 Queremos a Sesai viva e fortalecida, por isso dizemos “não a extinção da Sesai e sim o fortalecimento”, “não a municipalização da saúde indígena”, “Funai fortalecida é Funai no Ministério da Justiça” .
Diante do exposto, comunicamos a sociedade Aracruzense que na quarta feira dia 27 as aldeias indígenas de Aracruz ES estarão fazendo uma mobilização dentro do município fechando as estradas em quatro pontos, na rodovia Primo bitti, na ES010 próximo as aldeias guarani, na rodovia 257  próximo ao trevo da aldeia pau Brasil e na rodovia ES010 próximo a aldeia córrego do ouro. 
Pedimos desculpas a população de Aracruz pelos transtornos que esta paralização irá causar, mas precisamos lutar pela defesa de nossos direitos conquistados com suor e sangue e não vai ser este governo facista, racista, homofóbico, neoliberal que vai acabar com esses direitos.
# pelo direito de viver#, #nenhum direito amenos#, #nenhuma gota de sangue indígena à mais#.

Comissão de caciques dos povos indígenas Tupiniquim e Guarani."

9comentários
500 caracteres restantes.
Seu nome
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
VEJA TAMBÉM
Ele1 - Criar site de notícias