Terça, 13 de Abril de 2021
27 99808-4347
Geral Gratuidade

Gratuidade: 100 mil giros na roleta dos ônibus todo mês em Linhares

Nessa soma não entram as categorias dos que viajam de graça, sem passar pela roleta

18/07/2018 11h00
Por: Redação
Gratuidade: 100 mil giros na roleta dos ônibus todo mês em Linhares

Os números impressionam, mas em busca de dados sobre a gratuidade de passagens no transporte coletivo prestado pela Viação Joana D’arc em Linhares, os resultados, de um modo geral, mostraram que mensalmente 100 mil pessoas passam pelas catracas (ou roletas) e não pagam.

O executivo da empresa, Antônio Luiz Comerio, explica que em Linhares as diversas categorias beneficiadas com a gratuidade nos ônibus já possuem há vários anos o Cartão Gratuidade.  “O cartão permite que essas pessoas passem livremente pelas catracas e se acomodem em qualquer lugar do veículo”, disse Comerio.

Continua depois da publicidade

Pedimos que o executivo citasse números, e ele contabilizou que são cerca de 100.000 (cem mil) giros de catraca por mês nos veículos da Viação Joana D´arc. Indo mais além, somente a categoria dos idosos, conforme informou, utiliza mais de 75.000 (setenta e cinco mil) vezes os carros a cada mês.

No ano de 2017, até o dia 30 novembro, a empresa somou 839.284 gratuidades de idosos a partir dos 65 anos, (Artigo 230 da Constituição Federal e Lei Municipal 3.169/2012); 149.992 gratuidades para as pessoas com deficiência (Lei Municipal 2.404/2003); como também, 12.370 passagens para acompanhantes de pessoa com deficiência, 24.613 passagens para os alunos e acompanhantes da escola mantida pela Sociedade Pestalozzi de Linhares, conforme determina a Lei Municipal 1.317/1989, bem como, 9.391 passes – livres para funcionários da Prefeitura (Lei Municipal 3.169/2012). 

Continua depois da publicidade

Na conclusão, durante os últimos 12 meses foram 1.500.000 (um milhão e quinhentos) mil giros de catraca de gratuidades. E tem outro detalhe: Nessa soma não entram os policiais e bombeiros, carteiros e menores de 05 anos, bem como, pessoas com dificuldade de locomoção, que também não pagam a tarifa mas não giram a catraca.  “Essas pessoas entram pela porta dianteira e não passam pela roleta”, conclui Comerio.

19 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias