Segunda, 30 de Novembro de 2020
27 99808-4347
Saúde Greve

Greve dos caminhoneiros causa prorrogação da campanha contra gripe em Linhares

Fim da campanha estava previsto para esta sexta-feira (1º)

02/06/2018 08h23
Por: Redação
Greve dos caminhoneiros causa prorrogação da campanha contra gripe em Linhares

A Campanha de Vacinação contra a Influenza, realizada pela secretaria Municipal de Saúde, foi prorrogada até o dia 15 de junho. A decisão, do Ministério da Saúde, foi motivada pelos efeitos da paralisação dos caminhoneiros no atendimento em saúde.

Inicialmente, o fim da campanha estava previsto para esta sexta-feira, 1º de junho. Em Linhares já foram vacinadas 26.650 pessoas, o que corresponde a 72% da população. A meta da campanha é vacinar 90% dos grupos prioritários. A vacinação acontece em todas as 33 unidades de saúde do Município.

A doença, de acordo com a coordenadora de Imunização do Município, Ana Alves de Oliveira, é caracterizada pelos sintomas como febre, tosse ou dor na garganta, dor de cabeça, dor muscular e nas articulações. Já o agravamento pode ser identificado por falta de ar, febre por mais de três dias, piora de sintomas gastrointestinais, dor muscular intensa e prostração.

O vírus da influenza é transmitido por meio do contato com secreções das vias respiratórias, eliminadas pela pessoa contaminada ao falar, tossir ou espirrar, ou ainda, pelas mãos e objetos contaminados, quando entram em contato com mucosas (boca, olhos, nariz).

Conforme cronograma do Ministério da Saúde, a imunização é feita somente ao seguinte grupo prioritário:

-Crianças de seis meses a menores de cinco anos sem comorbidades;

-Crianças de seis meses a 8 anos com comorbidades respiratórias;

-Gestantes: todas as gestantes em qualquer idade gestacional;

-Puérperas: todas as mulheres no período até 45 dias após o parto;

-Trabalhador de Saúde: trabalhadores de hospitais, prontos atendimentos, unidades de saúde, consultórios médicos, consultórios odontológicos, farmácias, clínicas com atendimentos de saúde, estagiários de serviços de saúde, dentre outros;

-Professores que atuam em sala de aula em escolas públicas e privadas de ensino infantil, fundamental, médio e superior; povos indígenas;

-Indivíduos com 60 anos ou mais de idade deverão receber a vacina influenza;

-População privada de liberdade e funcionários do sistema prisional;

-Pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais.

Lembrando que crianças com comorbidades respiratórias e pessoas portadoras de doenças crônicas ou outras condições clínicas especiais deverão apresentar laudo médico com CID da doença para justificar a aplicação da vacina. 

Confira o quadro da população que deve ser vacinada x doses aplicadas:

Grupo prioritário

População

Doses aplicadas

Crianças

10.701

6.632

Gestantes

1.886

1.098

Puérperas

310

222

Trabalhador de Saúde

3.827

2.866

Professores

2.258

1.378

Idosos

12.482

10.570

Fonte: PML

1 comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias