Sexta, 10 de Julho de 2020
27 99808-4347
Política Rosinha guerreira

Caso Rosinha Guerreira: TJ-ES suspende nomeação de Pâmela

Decisão saiu nesta terça-feira (27).

27/03/2018 21h21
Por: Redação
Caso Rosinha Guerreira: TJ-ES suspende nomeação de Pâmela

16 dias após tomar posse para ocupar a vaga da vereadora Rosa Ivânia Euzébio dos Santos, a Rosinha Guerreira - afastada do cargo após ação do Ministério Público que investiga uma ação denominada de rachid - a suplente Pâmela Gonçalves Maia terá que deixar o cargo.

Pâmela Gonçalves Maia teve a nomeação suspensa por decisão proferida nesta terça-feira (27) no Tribunal de Justiça do Estado do Espírito Santo. Pâmela Maia havia ingressado com Mandado de Segurança na Vara da Fazenda Pública de Linhares contra a Câmara para ser nomeada como vereadora. O juiz da causa, Thiago Albani Oliveira, tinha dado decisão determinando a Câmara que a suplente fosse nomeada.

Continua depois da publicidade

A Câmara recorreu da decisão (Agravo de Instrumento) e o Desembargador Namyr Carlos de Souza Filho suspendeu a decisão da nomeação da juíza nesta terça (27). Com a decisão, que tem efeito imediato, a Câmara deverá retirar a vereadora do cargo até que Agravo no Tribunal seja julgado. Os dados são públicos e disponíveis no site do TJ-ES www.tjes.jus.br

Rosinha Guerreira continuará afastada, pois a decisão que a afastou é da Vara Criminal, enquanto a que mandou nomear Pâmela, é da Fazenda Pública. Rosinha continuará recebendo o salário de R$ 6.198,00.

16 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias