Segunda, 06 de Julho de 2020
27 99808-4347
Educação Greve

Professores não deixam entrar, diz mãe de aluno de CEIM no Linhares V

Mãe não aceita "Operação Tartaruga" e disse que precisou levar os dois filhos de volta para casa.

19/02/2018 13h21
Por: Redação
Professores não deixam entrar, diz mãe de aluno de CEIM no Linhares V

Os problemas em decorrência da Operação Tartaruga, denominação de um movimento grevista deflagrado pelos professores da rede municipal de ensino de Linhares começam a preocupar. Em nota à resposta da reclamação de um pai, feita na manhã desta segunda-feira (19) ao Site Eu Vi em Linhares, quando o genitor encontrou dizeres sobre a greve no muro de um CEIM no bairro Shell, a Prefeitura de Linhares, assim como na sexta-feira (16) após uma coletiva sobre o assunto, reafirmou que as aulas estão garantidas, conforme você confere abaixo:

"A Secretaria Municipal de Educação, garante à população o direito dos alunos às aulas em carga horária normal, nos Centros de Educação Municipal Infantil – CEIM’s e nas Escolas de Ensino Fundamental – EMEF’s com atividades pedagógicas tendo início às 7, no turno matutino, e às 13 horas, no turno vespertino. A medida garante o cumprimento e qualidade da oferta da educação infantil nas instituições de ensino da rede pública municipal que prevê carga horária de 800 (oitocentas) horas anuais ou 200 (duzentos) dias letivos sem a necessidade de reposição.

Continua depois da publicidade

A Prefeitura destaca que a deflagração do movimento grevista é incompatível com as decisões tomadas até então, uma vez que está tramitando decisão judicial sobre o cumprimento do acordo homologado pelo Poder Judiciário entre a Prefeitura de Linhares e o SISPML. Ressalta também o senso de responsabilidade e sensibilidade que sempre caracterizaram o magistério linharense e lembra que todas as decisões foram tomadas com o conhecimento do sindicato através do diálogo entre todas as esferas."

Leia também - Greve dos professores em Linhares: Pai lamenta, mas apoia movimento

Continua depois da publicidade

Mas não isto que aconteceu, pelo menos no bairro Linhares V, no turno vespertino desta segunda, o primeiro dia do movimento grevista: "Muitos pais voltando da escola e nós não temos condições de pagar babá. Preciso ir ao Centro da cidade resolver coisas seríssimas e terei que voltar com meus dois filhos. Ou eu espero até às 14h40 para eles entrarem ou volto com eles para casa, pois com professores estranhos eles não ficam. Choram  muito  como é que fica esse absurdo?", reclamou Jussara Rolin, que reside no Linhares V e disse que a reaclamação é geral em frente ao CEIM José Elias.

Ela disse que na entrada do estabelecimento de ensino os pais recebem uma cópia da carta aberta assinada pelo SISPML e recebem a orientação de voltar somente às 14h40, quando começará o turno, e que assim será enquanto durar a greve.

Continua depois da publicidade
33 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Linhares - ES
Atualizado às 23h36 - Fonte: Climatempo
20°
Poucas nuvens

Mín. 15° Máx. 27°

20° Sensação
2 km/h Vento
88% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (07/07)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 16° Máx. 27°

Sol com algumas nuvens
Quarta (08/07)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 16° Máx. 28°

Sol com algumas nuvens
Ele1 - Criar site de notícias