Sexta, 18 de Setembro de 2020
27 99808-4347
Colunistas Mulher

Mulher investiga por conta própria e coloca estuprador e pedófilo em maus lençóis

O que ela fez deixa qualquer investigador boquiaberto. "É guerreira, não descansa nunca", diz delegado.

21/02/2018 06h29
Por: Redação
Mulher investiga por conta própria e coloca estuprador e pedófilo em maus lençóis

O delegado Fabrício Lucindo Lima ficou impressionado com as duas ações da mulher, a quem ele chamou de guerreira. Ela nem sabe ler e escrever, mas a inteligência impressiona. Por conta das duas ações, o delegado pediu a uma vereadora para criar Projeto de Lei que estipula o Título de “Mulher Destaque” na cidade. Leia abaixo como foi:

Em Sooretama, no início do ano de 2016, recebemos em nossa delegacia a visita da família de nossa heroína, uma baiana arretada, trabalhadeira e decidida...Não sabia ler ou escrever, mas uma sertaneja inteligente que parecia ter saído dos livros de Jorge Amado ou de Graciliano Ramos. Migraram do interior da Bahia para trabalhar em nosso município e estavam residindo na zona rural de Sooretama. No momento do atendimento, era possível ver o semblante de aflição de toda a família, quando passaram a relatar um caso de abuso sexual, onde uma das filhas, adolescente, teria sido abusada sexualmente pelo padrasto.

Com a demonstração de força e coragem da vítima, uma adolescente que é filha de nossa heroína, em denunciar o abusador, outra filha também resolveu falar. Informando que também foi vítima de abusos sexuais, tenho o mesmo padrasto como autor do crime, isso há quatro anos, quando a família ainda morava em um município do interior do Estado da Bahia. Com medo das ameaças, esta última nunca havia falado sobre o assunto e há alguns anos havia se mudado para o Estado de São Paulo.

Bom, estávamos naquele momento com dois crimes sexuais para serem investigados, um em Sooretama e outro ocorrido em um município da Bahia há alguns anos. Determinamos aos policiais civis que fossem até a propriedade rural onde o suspeito trabalhava, com objetivo de conduzir o suspeito até nossa delegacia. Porém desconfiado com o movimento de toda a família naquela manhã, se dirigindo para a cidade de Sooretama, fugiu sem deixar rastro.

Finalizamos todo o procedimento investigativo, com os depoimentos das vítimas, exames periciais e representamos pela prisão preventiva do suspeito ao Poder Judiciário, já que desapareceu. Com a decretação de prisão preventiva do indivíduo, encaminhamos a foto do procurado para a imprensa, informando que o tal sujeito estava sendo procurado.

Alguns meses após o crime, recebemos uma ligação de um delegado da polícia civil do município de Itapé, interior do Estado da Bahia, 650 quilômetros de distância de Sooretama e, pela previsão do Google Maps, 9 horas e 30 minutos de viagem de carro. O Delegado nos questiona se haveria mandado de prisão em aberto para o tal suspeito do cometimento dos crimes sexuais. Informamos que sim, e encaminhamos cópia do mandado de prisão por e-mail, para que fosse cumprido no Estado da Bahia.

Passados mais de um ano, recebemos a visita de nossa protagonista novamente em nossa delegacia de Sooretama. A princípio não há reconheci, porém passamos a conversar em minha sala e ela me lembrou o caso. Daí lhe disse: - Olha, tenho novidades para a senhora. Seu ex marido, suspeito de ter abusado sexualmente de suas filhas, está preso e vai  a julgamento. A  guerreira me olha e diz: olhe Dr. disso eu já sei! Foi eu que o prendi oxi…. Sem entender muito o que estava acontecendo pedi que me explicasse.

Então ela me explica toda a história, começando assim: “O senhor acha que eu iria deixar barato?... Nunca! Fiquei sabendo que o sem vergonha estava morando na cidade de Itapé, vendi o que eu tinha, pedi demissão no serviço e parti para lá.  Aluguei uma pequena casinha na cidade e comecei a procurar pistas do sujeito todos os dias, andando e perguntando pela cidade, até que um dia o encontrei”.

E  prossegue: "- Como eu não queria assustar o cabra, disse que não acreditava em minhas filhas, que queria retomar o casamento, que o amava, que queria viver o resto de minha vida com ele...”. O suspeito vendo a cena e acreditando na história, provavelmente pensando já na redenção de seus pecados sem passar pelas garras da Justiça, e diz ele para ela: “Quero muito voltar a viver com você, não fiz nada do que me acusam, estou de passagem comprada para São Paulo para semana que vem, lá vou recomeçar minha vida...”.

Percebendo a possibilidade do malandro sumir novamente e desta vez não iria se encontrado nunca mais, a guerreira lhe diz: “Eu vou com você, vamos recomeçar nossa vida longe de tudo, só nós dois... E desde já vou buscar minhas roupas, entregar a pequena casa que aluguei e vou vir morar com você. Daqui iremos para São Paulo juntos".

Eufórico o suspeito aceita a proposta, e a fica aguardando em casa, até que nossa heroína traga os pertences pessoais e roupas para voltarem a morar juntos.

Ao sair da casa do suspeito procurado, a guerreira corre para a delegacia de Policia Civil da Cidade, informa a presença do elemento com mandado de prisão morando no município, e indica o local correto onde poderia ser encontrado pelos Policiais.

Caso resolvido, suspeito preso e irá  a julgamento em breve no Espírito Santo. Daí eu fico com aquela cara de espanto com toda a história de luta e coragem daquela mulher, lhe dou os parabéns, vários abraços, orgulhoso de tê-la conhecido. E lhe digo: “Que bom que a senhora veio aqui para me contar essa história, estou muito feliz”, e ela responde: “Mas quem disse ao senhor que eu só vim aqui contar essa história?” Espantado novamente, pergunto: “E tem mais?”.

E ela passa a me falar de outro crime: “Mudei novamente para Sooretama há pouco tempo e o  senhor tem conhecimento de outro crime sexual que ocorreu essa semana em Sooretama? Respondo que sim e que a Polícia Militar prendeu o autor do crime. Então ela me diz o que realmente aconteceu: “Estava em minha casa, limpando as coisas e a varanda, quando vi um sujeito já de idade com uma bicicleta e uma criança na garupa. Pararam perto de minha casa e entraram em um terreno baldio... Gato escaldado tem medo de água fria... Fiquei desconfiada da situação e fui atrás. Pedi ajuda a pessoas que estavam na rua e entramos no mato, eu com um cabo de vassoura nas mãos. Ao avistarmos o suspeito e a criança, ambos já estavam totalmente nus. Resgatamos a criança e prendemos o safado em flagrante. Daí chamamos a Polícia Militar".

Fiquei totalmente sem palavras. A guerreira não descansa nunca mesmo. Orgulhoso de tê-la conhecido e de ter a oportunidade de contar sua história, pelo menos que de forma resumida. Essa história maravilhosa de luta e heroísmo foi minha inspiração para sugerir à uma vereadora da cidade de Sooretama a criação por Lei Municipal do Título “Mulher Destaque”, uma honraria para as mulheres que lutam em defesa de seus direitos e garantias e não aceitam injustiças. A serem entregues no dia 08 de março de cada ano, dia internacional da mulher.

19 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias