Turismo Praias/Lagoas

Micafubica 2017: Confira programação e nota de repúdio da comunidade

Postada em: 14864

A baixa temperatura prevista pela meteorologia para este fim de semana promete muito calor humano e animação em Regência, litoral de Linhares. Sem apoio algum por parte da Fundação Renova, criada para lidar com assuntos juntos aos afetados pela lama de rejeitos de minério que veio de Mariana (MG) e devastou a Vila, os comerciantes e amantes de Regência arregaçaram as mangas e não deixaram o Micafubica ficar desfalcado em sua 8ª Edição, que começa nesta sexta-feira (11) e segue até domingo (13) na Vila.

O Micafubica é o carnaval fora de época de Regência e nesta sexta-feira (11) o evento vai das 21h00 às 02h00, sábado (12) das 16h00 às 18h00 e das 21h00 às 02h00, e no domingo (13) das 16h00 às 20h00.

Repúdio

Ao entrar em contato com a nossa Redação (27 99808-4347), organização enviou, além da programação, uma nota de repúdio com os seguintes dizeres: “A comunidade de Regência está revoltada com a FUNDAÇÃO RENOVA / SAMARCO por NãO dar apoio a 8ª edição do Micafubica, alegando não ser um evento cultural. Sendo que na 7ª edição, em 2016,  foi custeado pela SAMARCO.

A revolta da comunidade e que a FUNDAÇÃO RENOVA / SAMARCO não está fazendo por onde atrair o turista de volta para Vila de Regência”.

As pessoas da foto acima são o presidente da Associação dos Comerciantes de Regência, Messias Caliman; o proprietário do Restaurante Carebão, Jacintho Ceolin; e a responsável pelo Sabor de Regis Doceria, Viviane Souza. Sobre a nota, nós enviamos demanda para a Fundação Renova e estamos aguardando retorno.

Atualizada às 15h50 – A Fundação Renova respondeu a demanda e disse ser uma entidade autônoma e independente, e que com relação ao turismo “tem como premissa a realização de ações estruturantes e o apoio a eventos culturais de caráter histórico, resgatando as tradições e valorizando os bens imateriais da comunidade”, e citou como exemplo a Festa de Caboclo Bernardo e do Encontro de Bandas de Congo de Regência, que receberam apoio da fundação. A nota também diz que Regência e Povoação vão receber cerca de R$ 3,5 milhões em investimentos e que entre as ações estão circuito de surfe, passarelas ecológicas, paisagismo, grupos de costura e artesanato, área de lazer, qualificação profissional, horta comunitária e piscicultura.