Domingo, 28 de Novembro de 2021
27 99808-4347
Polícia Ação x Reação

Homem “peita” a PM após tentar matar jovem com facãozada em Sooretama

Ele acabou levado um disparo de arma de fogo na coxa direita.

26/09/2021 16h10
Por: Redação
Homem “peita” a PM após tentar matar jovem com facãozada em Sooretama

A manhã desse domingo (26) nem bem havia começado, e Sooretama já estava de novo como motivo de manchetes policiais. O destaque: Após tentar matar com uma facãozada um jovem de 24 anos, um homem de 38 anos ainda quis “peitar” a Polícia Militar que estava atrás dele para evitar que o mesmo fosse até o Pronto Socorro (P.A.) e consumasse o homicídio. O resultado foi a reação dos militares para a proteção da integridade física da guarnição, e o indivíduo que os peitou baleado na coxa direita.

Clique aqui e siga o Eu Vi em Linhares no Instagram

Continua depois da publicidade

Os policiais receberam a informação de que uma pessoa ferida por arma branca havia dado entrada no P.A., e que o autor estava prestes a consumar o homicídio. Ao chegar no local, a guarnição foi informada aos gritos por populares de que o autor estava indo em direção à Rodovia BR-101.

Leu? “Só faço o corre”, diz condutor de Gol cheio de drogas, armas munições, dinheiro e até maquininha em Sooretama

Continua depois da publicidade

Os policiais o encontraram em direção à Avenida Henrique Alves Paixão, seguindo em direção ao P.A., conforme cita o relatório, com um facão nas mãos. O investigado largou o facão, ignorou a ordem de parada e teria tentado fugir. Ele acabou ficando entre os policiais e a parede da quadra poliesportiva que fica atrás do P.A.

Ali, ainda de acordo com o relatório, foi necessário insistência para que o homem ficasse na postura de revista de frente para a parede do muro da quadra poliesportiva, e a guarnição ainda percebeu um volume por dentro da camisa dele, e este ainda teria usado tom agressivo e palavras de baixo calão ao protestar contra a abordagem.

Questionado sobre o volume sob a camisa na linha da cintura, ocorreu um novo impasse e a guarnição voltou a determinar que homem mantivesse as mãos sobre a cabeça e virasse de costas, mas ele teria levado as mãos à cintura, e isto induziu a guarnição a acreditar que o conduzido estivesse armado.

Continua depois da publicidade

Foi então efetuado um disparo por parte de um dos policiais a fim de neutralizar qualquer ameaça a sua vida e a de seu colega de serviço.  O disparo atingiu a coxa direita e transfixou a musculatura mas não causou danos ósseos. O abordado foi levado ao P.A.,e depois encaminhado juntamente com a sua vítima para o Hospital Geral de Linhares.

Depois o investigado e o facão foram levados até a 16ª Delegacia Regional de Linhares (DRL), já a vítima dele permaneceu no HGL, ferido com um corte de aproximadamente 15 centímetros de comprimento, indo do osso zigomático a mandíbula do lado esquerdo do rosto. A vítima foi para o Centro Cirúrgico e ficou impossibilitada de naquele momento dar a sua versão na delegacia.

Continua depois da publicidade

Antes de concluir o relatório, a Polícia Militar destaca que o conduzido possui em seu desfavor um registro criminal respaldado pelo artigo 121, e outro referente ao artigo 157 do Código Penal, e encontra-se com alvará de soltura datado de 16 de julho desse ano de 2021.

7 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias