Terça, 07 de Dezembro de 2021
27 99808-4347
Esportes Dupla aventureira

Sooretama: Amigas saem em plena madrugada, de bike, até a divisa do ES com a BA

Pois é... dormir na madrugada fria é para os fracos!

30/05/2021 15h24
Por: Redação
Sooretama: Amigas saem em plena madrugada, de bike, até a divisa do ES com a BA

Dormir de madrugada é para os fracos! Essas duas ciclistas das fotos, a servidora pública Franciele Lopes, e a estudante Amanda Moreira, acordaram na madrugada deste domingo (30) e às 3h:20 estavam preparadas para subir na magrela no Centro de Sooretama, e pedalar pela rodovia BR-101 até a divisa do Espírito Santo com a Bahia. Foram nada menos que 129km percorridos. “Chegamos as 12h, gastamos 6h40min de trajeto, e fizemos cinco paradas. Depois de atingirmos o objetivo, voltamos de carro”, conta Franciele.

Mas o resumo da aventura sobre duas rodas tem muitos, muitos detalhes: Imagine a coragem dessas duas, em acordar na madrugada fria, dispostas a alcançar o objetivo, e seguir com apenas as lanternas das bikes pelo asfalto? Pois no horário acima citado, lá estavam elas.

Continua depois da publicidade

Os primeiros 90 km foram tranquilos, com média de 20km por hora, mesmo com morros. Mas a dupla entrega: os últimos 39 km foram bem sofridos, pois a partir daí elas enfrentaram sol e mais morros, só que bem longos e inclinados.

Como a palavra desistir estava fora de cogitação, e elas queriam mesmo alcançar a meta, venceram os obstáculos, inclusive passar pela reserva biológica de Sooretama ainda no escuro.

Continua depois da publicidade

Vamos a mais detalhes das duas aventureiras: “encontramos dificuldade em nós alimentarmos no início da manhã por não haver nenhum estabelecimento aberto, e conseguimos tomar café após 60km, já na cidade de São Mateus. O desgaste físico também foi inevitável, porque pedalar vários kms exige força e preparo, sem falar no incômodo das roupas, que mesmo específicas para a prática do ciclismo, acabam desconfortáveis devido as várias horas de pedal”, disse Amanda.

Mas a gratificação ao chegar nas placas anunciando a separação do ES com a BA superou tudo. “Em todo tempo só gratidão a Deus. Fomos fortes, guerreiras por não termos as melhores e mais caras bikes, mas tivemos coragem, disposição e muita fé para chegarmos ao destino final com êxito”, concluiu Franciele.

Então, que tal pegar a sua bike, chamar uma ou mais amigas e amigos, e sair por aí de madrugada rumo à divisa do ES com a BA?

Continua depois da publicidade
7 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias