Terça, 15 de Junho de 2021
27 99808-4347
Polícia Dinheiro público

Vereador questiona gastos com propaganda, enquanto professores “se viram nos 30” em Linhares

Ele mostrou os gastos e chama de fantasiosa a mídia da Prefeitura.

25/05/2021 17h43 Atualizada há 3 semanas
Por: Redação
Vereador questiona gastos com propaganda, enquanto professores “se viram nos 30” em Linhares

O vereador e professor Antônio Cesar Machado encheu as redes sociais dele com um assunto que tem a ver com o dinheiro público, aliás, com uma dinheirama que sai dos bolsos do contribuinte para mostrar o que o edil chama de “matéria fantasiosa. Para justificar, Antônio Cesar pergunta se alguém lembra de uma reportagem veiculada em um programa que vai ao ar aos sábados e m uma emissora de televisão, onde a proposta foi mostrar a criatividade dos profissionais da Educação de Linhares, em tempos de pandemia.

“O conteúdo causou muita controvérsia por não refletir a dura realidade enfrentada pelos educadores, que até hoje “se viram nos 30” para dar conta de ensinar seus alunos. O mais impressionante é que, além de fantasiosa, a matéria teve um custo de R$ 13 mil para ser veiculada”, citou ele.

Continua depois da publicidade

Em seguida, o edil disparou: “Tivemos acesso a esse e outros gastos de campanha publicitária em torno da volta às aulas, e o custo com a polêmica reportagem é só a ponta do iceberg. Ao todo, o orçamento com outdoor, banners, produção de materiais, dentre outros, é da quantia de R$ 233.774,69”.

E tem mais: “Esses números nos assustam, pois foram investidos em ações que apenas mascaram os problemas enfrentados nas escolas ou fora delas, afinal, os professores precisam contar com a própria rede de internet (muitas vezes falha) para garantir o ensino híbrido”.

Continua depois da publicidade

Daí o vereador sugeriu: “Com R$ 233.774,69 é possível, por exemplo, adquirir 46 computadores no valor de R$ 5 mil para equipar as escolas ou fornecer auxílio internet de R$ 70 para mais de 3 mil professores ou estudantes. Já encaminhamos dois projetos que tratam desses temas ao poder Executivo, mas até hoje não foram acatados ou implementados”.

Na conclusão, Antônio Cesar Machado colocou uma figurinha de tristeza, e citou: “A Educação de Linhares está ficando para trás!”. E, claro, nós demandamos a Prefeitura com as seguintes perguntas: Além da referida emissora de TV citada pelo vereador, onde mais a campanha foi veiculada? Qual gasto total e quais critérios são usados para essa veiculação? Existe algum projeto para que os professores tenham suporte relativo aos gastos com internet e computadores mediante a necessidade do serviço em casa neste período de pandemia? Veja abaixo a resposta “seca” que recebemos:

“O Município de Linhares informa que segue rigorosamente o que prevê a Lei Federal nº 12.232/2010, que regulamenta os contratos de publicidade da administração pública. A Prefeitura de Linhares ressalta ainda que todos os valores gastos com publicidade estão disponíveis para consulta nos canais de transparência do Município e dos órgãos reguladores”.

Continua depois da publicidade

Mas nós insistimos, e replicamos com o seguinte envio: Existe algum projeto para que os professores tenham suporte relativo aos gastos com internet e computadores mediante a necessidade do serviço em casa neste período de pandemia? Além da referida emissora de TV citada pelo vereador, onde mais a campanha foi veiculada, qual gasto total e quais critérios são usados para essa veiculação? 

Nós vamos aguardar a resposta para informar aos leitores.

Continua depois da publicidade
7 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias