Quinta, 05 de Agosto de 2021
27 99808-4347
Polícia Elucidação e prisão

Jovem confessa ter filmado vítima agonizando durante matança em Sooretama

Ele disse que não roubou e nem matou, apenas filmou a pedido dos parceiros.

18/05/2021 15h05 Atualizada há 2 meses
Por: Redação
Jovem confessa ter filmado vítima agonizando durante matança em Sooretama

Elucidação: A Polícia Civil elucidou crimes de roubo e homicídio, e prendeu um jovem de 21 anos quando ele se apresentou, nesta segunda-feira (17) na 16ª Delegacia Regional de Linhares (DRL). Havia mandado de prisão em aberto em desfavor do rapaz. 

Leia também - Foto mostra suspeitos armados em point do tráfico em Sooretama

Continua depois da publicidade

Os crimes – De acordo com a PC, o primeiro fato aconteceu no dia 5 de fevereiro de 2021, no Bairro Salvador, quando João Gomes da Silva, de 47 anos, foi encontrado ainda vivo, com sinais de tortura e agonizando em sua residência. No dia 14 de fevereiro a vítima não resistiu aos ferimentos e veio a óbito em um hospital de Linhares.

O segundo crime foi um roubo de veículo e celular, registrado em 24 de fevereiro de 2021 na zona rural de Sooretama, quando indivíduos armados abordaram duas mulheres e exigiram que entregassem a motocicleta e os pertences pessoais.

Continua depois da publicidade

Investigadores de Linhares, Sooretama e Rio Bananal trabalharam juntos nessas investigações e depois de várias diligências, levantamento de pistas e um trabalho de inteligência minucioso,  chegaram a autoria dos dois crimes.

Fato curioso – Segundo a Polícia Civil, um dos suspeitos, curiosamente, após os crimes gravou vídeos em seu celular, mostrando a vítima do homicídio agonizando depois das torturas, e também fez vídeos comemorando os roubos na zona rural de Sooretama. Dois dos autores desses dois crimes foram mortos em córrego lagrimal, Rio Bananal, no dia 24 de fevereiro de 2021, conforme noticiamos, as vítimas são Wenderson Oliveira Souza, 21 anos, o Ninho Preto; e Daniel da Silva Francisco, 23 anos. Na ocasião, o jovem ficou gravemente ferido, mas sobreviveu.

Autoria – De acordo com a Polícia Civil, os autores da morte de Ninho Preto, seriam Daniel e o rapaz, que estavam com mandados de prisão em aberto, por conta da investigação da Delegacia de Rio Bananal e foram presos pela Polícia Militar de Sooretama no dia 30 de Abril de 2021, são eles Geferson Santos Reis, o Gel; e Mateus Assis dos Santos Nascimento, o Mateuzinho.

Continua depois da publicidade

No Celular do jovem, o sobrevivente do crime em Córrego Lagrimal, a Polícia Civil encontrou provas de que ele, junto com Ninho Preto e Daniel, ajudaram a matar João Gomes da Silva, e também roubaram a vítima na zona rural de Sooretama.

E nesta segunda-feira (17) o rapaz se apresentou à polícia para prestar depoimento, e descobriu que já tinha mandado de prisão em aberto em seu nome. Ao ser interrogado, segundo a PC, ele disse que não ajudou os parceiros na morte de João, e também não praticou roubo, mas assumiu que apenas filmou os crimes a pedidos dos colegas.

Continua depois da publicidade

Ele foi encaminhado a Penitenciária Regional de Linhares, PRL. As investigações contaram com o apoio do serviço de inteligência da 16ª Delegacia Regional e da Perícia Criminal da Polícia Civil. O rapaz vai responder por homicídio e roubo, e se condenado, a pena é de 12 a 30 anos de cadeia. Mateuzinho e Gel vão responder por latrocínio, com pena de 20 a 30 anos de cadeia. O celular da vítima de roubo de Sooretama foi encontrado na zona rural do referido, de posse de uma terceira pessoa, que irá responder pelo crime de receptação de produtos roubados.

O advogado Dr. Ananias Santiago, que representa o indivíduo que se apresentou, disse que “não foi confirmado se o telefone (que fez o vídeo) é da propriedade dele, e o vídeo mostra apenas o rapaz assassinado, agonizando no chão, mas não mostra o assassinato do rapaz e nem a pessoa que filmou. Não dá para identificar quem é a pessoa que está no ambiente, e nem de quem é a voz. No tiroteio em que duas pessoas morreram, o acusado era vítima, tentaram mata-lo quatro disparos. A prisão dele é temporária, para investigação”.

A defesa dos demais citados tem espaço aberto caso queira se manifestar: 27 99808-4347.

5 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias