Polícia

PM checa documentação de bar cenário de mortes de Valéria e Letícia. Confira resultado

Postada em: 45930

As mortes de Letícia Ramos de Assis, 24 anos; e Valéria de Jesus Souza, 33, no final da madrugada desta segunda-feira (25) repercute no Estado. Clique aqui e confira a primeira manchete sobre o duplo homicídio, e aqui para ver a segunda manchete sobre o crime.

Críticas e reclamações referentes ao bar cenário do duplo assassinato lotaram nossos espaços de interação com os leitores. Muitos comentários nem podem ser liberados, e sim repassados ao setor competente.

No Boletim Unificado 38949134 gerado às 05h38 no estabelecimento que fica na Avenida Vasco Fernandes Coutinho, estrategicamente em frente a uma pracinha, ao oficializar as mortes das mulheres a PM destaca: "local de conhecimento de todas as guarnições desta comarca ser ambiente de tráfico e uso de entorpecentes, prostituição".

Ainda segundo o BU, a caminho do local, a guarnição a bordo da viatura policial deparou-se com o proprietário do bar dirigindo seu veículo. Ele estava acompanhado de sua namorada, e atendeu a ordem de parada.

Os policiais revistaram o interior do automóvel e e fizeram busca pessoal no comerciante, não encontrando nada de ilícito. Foi perguntado aonde iria, e o comerciante disse que estava voltando para o bar, pois "deu m lá".

Documentação

O BU diz que após constatar a morte de uma das vítimas no local, e o socorro à outra que ainda apresentava sinais vitais (mas veio a óbito em seguida, no HGL), Findados os procedimentos de praxe, diz o BU, foi solicitado ao proprietário a documentação do bar, e este atendeu prontamente, estando todos os documentos do estabelecimento comercial regularizados. E o relatório do BU acrescenta: "mesmo com a má reputação que o local é conhecido".

Nosso espaço está aberto ao comerciante, caso este queira se manifestar (27 99808-4347).