Obituário

Ronco de motores de motos, palmas e emoção do último adeus à Roosevelt Agrise

Postada em: 22343

O ronco dos motores das motocicletas dos amigos, as palmas, e a emoção marcaram o último adeus ao empresário Roosevelt Agrise na manhã deste sábado (12) em Linhares.

Leia também- Roosevelt não resiste e morre no hospital

O velório, na Capela Mortuária do Centro, contou com a presença de muitos amigos e familiares, além de clientes da loja que leva o nome de Roosevelt, e que é uma das mais tradicionais da cidade. O clima, claro, de total tristeza, também contou com colaboradores que por muitos anos, alguns, por décadas, trabalham com a família. "Nem sei como será agora que ele morreu. Pessoa bondosa, que presava para que cumpríssemos nossas obrigações, mas jamais se omitiu aos nossos direitos. Aliás, ele fazia além dos nossos direitos. Não dá pra acreditar que se foi", comentou uma colaboradora.

O cortejo, com amigos carregando o caixão com o corpo de Roosevelt, seguiu à pé, da Rua da Conceição até o Cemitério Conceição, na Avenida João Felipe Calmon.

Roosevel, conforme informado pelo Site Eu Vi em Linhares, sofreu um acidente de moto no dia 30 de dezembro, quando seguia, com o dia ainda escuro, para Brasília, juntamente com um grupo de motociclistas, para prestigiar a posse do presidente Jair Messias Bolsonaro. A viagem foi cancelada quando ele aconteceu o acidente, em uma rodovia estadual, de acesso entre Linhares e Colatina.