Meio Ambiente

Lama no Rio Doce: Atingidos de Linhares escolhem assessorias técnicas

Postada em: 5013

Após três anos desde o rompimento da barragem de Fundão, em Mariana (MG), completados no mês passado, atingidos e atingidas de Linhares vão escolher a instituição que vai prestar assessoria técnica. Assim, Linhares se juntará a outros sete territórios capixabas que ao longo do último mês já realizaram suas escolhas.

A reunião, organizada pelo Fundo Brasil de Direitos Humanos - que é a organização expert do Ministério Público Federal responsável pela condução do processo de escolha das assessorias técnicas pelos atingidos - será nesta terça-feira (11), às 18h, no Clube Guararema, localizado na Avenida Presidente Getúlio Vargas, 1174, Centro.

Durante o evento, serão apresentadas as propostas preliminares de assessoria técnica das organizações credenciadas, seguida da escolha pela comunidade.

Para que as comunidades atingidas conheçam as propostas preliminares de assessoria técnica das organizações credenciadas para atuar no território, representantes das entidades irão a esses locais para fazer a apresentação das propostas.

Após a apresentação, os atingidos e atingidas poderão fazer perguntas aos representantes das organizações e deverão escolher uma delas para prestar serviço de assessoria técnica em seu território.

Das duas organizações credenciadas para o Território de Linhares, uma, a Rede Internacional de Ação Comunitária – Interação, informou ao Fundo Brasil que desistiu de participar do processo. Assim, na reunião desta terça-feira apenas a Associação de Desenvolvimento Agrícola Interestadual – ADAI fará a sua apresentação. Os atingidos terão a opção de escolher a entidade que vai se apresentar ou então reiniciar o processo, o que significa um novo credenciamento e preparação da escolha.

A reunião será aberta ao público e todos estão convidados a participar.