Educação

Aplicativo diferente: Gabriel é motivo de moção na Câmara de Baixo Guandu

Postada em: 7699

Gabriel Hülle Cardoso, de 19 anos, estudante que criou aplicativo para a educação especial em Linhares, compareceu nesta segunda feira (3) em Baixo Guandu, para receber um documento assinado e legalizado em favor de seu aplicativo.

Após o sucesso do jovem em Linhares e no Estado, o município de Baixo Guandu fez o convite para que ele se apresentasse em seu município de origem a fim de receber a homenagem de todos os vereadores. Familiares, amigos e parte da equipe da escola em que o jovem atua também estiveram presentes. 

A noticia do estudante de pedagogia viralizou nas redes sociais após divulgação em primeira mão no Site Eu VI em Linhares (clique aqui e confira). Daí, a manchete que mostrou o esforço e dedicação com um aluno que possui deficiência mental, virou pauta para emissoras de TV e também impressos, além de outros jornais eletrônicos.

O destaque é que o estudante que não conseguia aprender Matemática, para a surpresa de todos, conseguiu atingir o objetivo e aprendeu a somar e subtrair com facilidade após o uso do aplicativo criado por Gabriel. 

A diretora Regina, da Escola  "José Modeneze", localizada em Linhares, disse que é um prazer ter Gabriel em sua equipe e que fará o possível para que a ideia dele seja continuada na escola.

O rapaz recebeu a moção após votação unânime por parte dos edis de Baixo Guandu. Gabriel, por sua vez, disse em seu agradecimento que dará continuidade em seu aplicativo e que pretende expandir seus horizontes, contribuindo com a educação brasileira.