Eu Vi no ES

Vídeo: Ele disse que não havia câmera, diz assaltante à comparsa durante ação em Rio Bananal

Postada em: 19108

Observe o vídeo abaixo. Ele mostra o exato momento em que os dois bandidos chegam ao escritório de venda de café assaltado nesta quinta-feira, em Rio Bananal.

Leia também - Bandidos assaltam escritório de café e roubam dois carros para fugir

Os criminosos chegam e estacionam o veículo. Saem, e quando chegam na entrada do escritório, na Avenida caetano Pola, Santo Antonio, rendem uma pessoa que está na porta.

De acordo com o Boletim Unificado 37718905 que relata o crime, além do proprietário do estabelecimento, estavam no local um cliente e duas empregadas.

Todos foram amarrados pelos pés e mãos com fitas adesivas e em seguida trancados em uma sala. Segundo o BU, as vítimas ouviram quando um bandido falou para o outro: "Ele disse que não havia câmera", o que significa envolvimento de pelo menos mais uma pessoa na ação criminosa.

Após roubarem um total de R$ 1,8 mil, sendo R$ 1 mil do comércio, R$ 800,00 de uma das vítimas e mais R$ 200,00 de outra pessoa rendida, os criminosos também tomaram celulares, joias e relógio, e fugiram em um veículo Pajero TR4, placas HIZ-1955, que havia sido roubado em Linhares (clique aqui e confira como foi o roubo).

Na localidade de Iriritimirim o carro capotou, e os bandidos seguiram até à residência mais próxima, onde invadiram o imóvel e renderam uma mulher. 

No local eles roubaram um Siena placas MRS-6863 e prosseguiram em fuga rumo à localidade de Córrego Barra do Primavera. Ali eles abandonaram o Siena e tomaram em assalto uma caminhonete S10 de cor prata e placas MTZ-2186.

O dono do carro ficou como refém dos marginais por algum tempo, e teve R$ 300,00 roubados. Depois ele foi abandonado na Rodovia ES-245, que liga Rio Bananal a São Jorge de Tiradentes, próximo à entrada para Córrego São João Batista.

O Siena ficou sob responsabilidade do proprietário, e o Pajero não foi removido do local por falta de condições em decorrência da lama provocada pelas fortes chuvas.

Quem puder ajudar na localização dos marginais e da S10 dele ligar para o 181 ou 190, sem a necessidade de se identificar. Veja o vídeo abaixo, e se reconhecer algum dos bandidos, avise a polícia.