Sexta, 18 de Setembro de 2020
27 99808-4347
Polícia Norte

Roubos caem 53% no Norte do Espírito Santo, afirma Governo

O Governo informou que a região Norte está sendo contemplada com obras que abrangem os segmentos da Segurança Pública..

19/10/2018 14h53
Por: Redação
Roubos caem 53% no Norte do Espírito Santo, afirma Governo

Os indicadores de crimes contra o patrimônio e homicídios dolosos estão em redução na Região Norte do Espírito Santo, de acordo com dados do Observatório de Segurança Pública, da Secretaria de Estado da Segurança Pública (Sesp).

Leia também - Mulher de Sargento da PM é rendida por assaltantes em Linhares

Esses números foram divulgados durante a Reunião Itinerante de Monitoramento dos Indicadores das Regiões Integradas da Segurança Pública (Risp), realizada nesta sexta-feira (19), no Estaleiro Jurong Aracruz (EJA), em Aracruz. O trabalho foi para analisar como estão os indicadores da região Norte do Espírito Santo, conhecida como Risp 2. “Estivemos em julho, em São Mateus, realizando a primeira reunião itinerante e o resultado foi muito bom. O encontro serviu de modelo para os demais que temos realizado. Vocês estão trabalhando muito para mudar essa realidade”, afirmou o secretário de Estado da Segurança Pública, Nylton Rodrigues, que participou do evento.

Estiveram presentes ao evento desta sexta-feira (19), além do secretário Nylton Rodrigues, o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Alexandre Ramalho; o delegado-geral da Polícia Civil, Guilherme Daré; o comandante-geral do Corpo de Bombeiros, Carlos Marcelo D’Isep Costa; dentre outros representantes de órgãos vinculados à pasta da Segurança Pública e autoridades locais.

O secretário Nylton Rodrigues apontou que a redução de assassinatos tem sido um bom sinal na região Norte. Neste ano, até o último domingo (14), foram registrados 179 homicídios. Já em 2017, no mesmo período, tinham ocorrido 252. Trata-se de uma redução de 29%.

Outros dados sobre a Região Norte foram compartilhados. Os roubos a comércio caíram 53% em relação ao ano passado; os furtos/roubos de veículos decresceram 37% e, ainda, houve um aumento de 25% na operação de cumprimento de mandados. Até o momento, foram apreendidas 461 armas.

O secretário também divulgou o quantitativo de prisões qualificadas de homicidas. Foram 1.562 presos, de janeiro a setembro, contra 1.140 no mesmo período do ano passado. “São trabalhos que auxiliam a termos no Espírito Santo a menor taxa de homicídios da série histórica, que começou em 1996. São avanços que temos de buscar sempre”, ressaltou Nylton Rodrigues.

A região Norte está sendo contemplada com obras que abrangem os segmentos da Segurança Pública. Está em andamento a reforma do Serviço Médico Legal (SML) e está prevista para ser realizada, no ano que vem, a construção da Delegacia Regional de Aracruz. Em julho deste ano, houve a inauguração das novas instalações da 18ª Delegacia Regional de São Mateus e da Delegacia de Plantão do município.

Regiões Integradas de Segurança Pública

Recentemente, a área da Segurança Pública no Espírito Santo ganhou um novo mapeamento geográfico. Pelas atualizações das estruturas das Polícias Civil e Militar, as chamadas Regiões Integradas de Segurança Pública (Risp) foram ampliadas, assim como as suas subdivisões, denominadas Áreas Integradas de Segurança Pública (Aisp).

Se antes as Risps eram repartidas em Metropolitana, Norte e Sul, agora estão com mais duas divisões: Noroeste e Serrana. A medida visa fortalecer a articulação dos órgãos da Segurança Pública e promover um melhor trabalho das polícias, o que vai das investigações até o patrulhamento ostensivo.

A Risp 2 abrange os municípios de Aracruz, Fundão, Ibiraçu, João Neiva, Linhares, Rio Bananal, Sooretama, Conceição da Barra, Jaguaré, Pedro Canário e São Mateus.

Fonte: Secretaria de Estado da Segurança Pública e Defesa Social do Espírito Santo

4 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias