Meio Ambiente

PML: Sucata é transformada em mesas de impressora

Postada em: 738

Uma economia de R$ 10 mil aos cofres públicos. É o resultado de uma ação sustentável idealizada pela Secretaria de Saúde, em parceria com o Departamento de Patrimônio do Município. A iniciativa aproveita os pés de cadeiras inutilizados e os transforma em mesas de impressora. O material estava parado num depósito da Prefeitura, no bairro Interlagos, como material de sucata para leilão. Com isso, o que era sucata foi transformaso em 50 mesas que serão entregues nas Unidades de Saúde. Em atitudes semelhantes, segundo a PML, desde o início de 2017 já foram economizados quase R$ 200 mil.

Mesas e cadeiras

Uma economia aos cofres públicos de R$ 140 mil. Esse está sendo o resultado da ação sustentável, que reformou 300 jogos do aluno (mesas e cadeiras) da rede municipal de ensino, que já haviam sido descartadas pela administração anterior para o almoxarifado central da Prefeitura, para leilão. O trabalho de recuperação dos materiais foi iniciado no início de 2017 pela secretaria municipal de Administração, por meio do Departamento de Patrimônio do Município.

O mobiliário foi utilizado nas escolas da rede municipal e também serão enviados para os três Centros de Educação Infantil Municipais que são construídos no Santa Cruz (Jocafe), Três Barras e no distrito de Bebedouro, no interior de Linhares.

Cadeiras Unidades de Saúde

Numa iniciativa semelhante, a Prefeitura também recuperou, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, 200 cadeiras que estavam sem os braços e inutilizadas no acervo da secretaria municipal de Educação (Seme), no bairro Shell. O trabalho de recuperação de móveis envolve desde a reposição de peças, como parafusos e partes de plástico, até a reforma de móveis em metal, com nova pintura e soldagem de partes quebradas.

A ideia foi executada pelos funcionários do Setor de Manutenção e devolvidas para Unidades Básicas de Saúde da sede e interior de Linhares, num trabalho de dedicação exclusiva que deixaram as cadeiras novinhas e que garantiu economia de R$ 30 mil aos cofres públicos. As cadeiras foram entregues nas unidades de saúde do Município.

Fonte: PML