Domingo, 29 de Novembro de 2020
27 99808-4347
Polícia Tatu

Caçador mata primo ao pegar arma para atirar em tatu em Rio Bananal

V´tima ainda chegou a ser levada para o hospital.

05/08/2018 07h35
Por: Redação
Caçador mata primo ao pegar arma para atirar em tatu em Rio Bananal

Uma caça realizada por quatro pessoas, entre elas dois primos, acabou em morte em Rio Bananal, e o caso foi parar na delegacia de Linhares. O Boletim Unificado 36870081 gerado na madrugada deste sábado (4) trata o caso como "Homicídio por arma de fogo". O endereço que a Polícia Militar atendeu a ocorrência é a Rua João Cipriano, Bairro São Sebastião.

De acordo com o Boletim Unificado, no endereço acima fica o Hospital Alfredo Pinto Santana, onde a medica plantonista informou que havia um homem já em óbito, dentro de um veiculo Fiat Strada de placas ODA-1648. No local os militares fizeram contato com os três homens que socorreram a vitima: Edson, Dalmir e Gleicimar de Tal.

Ainda segundo a PM, os três e a  vítima, identificada como Geniffer Afonso Matedi, de 26 anos, estavam caçando próximo ao Córrego Varjão, Zona Rural de Rio Bananal, quando a vitima encontrou um tatu no buraco pediu para que seu primo Gleicimar pegasse sua arma, uma espingarda calibre 32 para que atirasse no animal.

Ao pegar a arma para entregar a Geniffer, Gleicimar disse que tropeçou e acidentalmente aconteceu um disparo que acertou o primo e provocou ferimentos nas costas da vitima, que se encontrava abaixada no buraco do tatu.

Gleicimar disse que chamou os outros amigos que estavam próximos ao local e de imediato os três saíram do meio da mata e socorreram o caçador que foi levado até o Hospital local, mas este não resistiu e morreu durante o trajeto.

Os três caçadores foram levado para a delegacia, em Linhares. O corpo foi removido e levado para o Serviço Médico Legal (SML), a PM não informou se em Linhares ou Colatina. (foto ilustrativa)

5 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias