Quarta, 28 de Outubro de 2020
27 99808-4347
Polícia Kauã

Grupo faz petição online pedindo punição para "os caras" que fizeram as "maldades" com Joaquim

Petição foi criada nesta segunda-feira (25).

25/06/2018 17h54
Por: Redação
Grupo faz petição online pedindo punição para

“Pela investigação da morte da filha de Georgeval e Juliana e Investigação dos "caras" que fizeram as "maldades" com Kauã na piscina”. Assim é a justificativa de uma petição virtual criada por um grupo composto por mais de 200 mães, moradoras de Linhares e outras cidades e até Estados e fora do Brasil.

O objetivo é pedir justiça pelos irmãos Joaquim Alves Salles, de 3 anos, e o enteado, Kauã Salles Butkovsky, 6, mortos na madrugada de 21 de abril, quando, de acordo com apurações da Polícia Civil, foram queimados ainda vivos, após terem sido estuprados, e agredidos até ficarem inconscientes, tendo em seguida os corpos incendiados.

Confira: Pastores vão enfrentar júri popular

Pelo crime, está preso o casal de pastores, Juliana Sales e Georgeval Alves Gonçalves, de 36 anos. Mas o grupo de mães quer mais: “Queremos a punição, que seja feita a justiça para que todos os envolvidos no crime de abuso infantil sejam severamente punidos. Todas as mães do grupo de WhatsApp feito em Linhares imploram por justiça”, diz Márcia Adame, uma das mães que fazem parte do grupo.

Quem quiser assinar a petição virtual basta clicar aqui e seguir os procedimentos.

12 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias