Economia

Leitores questionam sobre empregos gerados pela obra no aeroporto de Linhares

Postada em: 11347

"Passei dias atrás no aeroporto e vi a empresa A Madeira recolhendo o material deles, e segundo funcionários do aeroporto, a ampliação anunciada foi até adiada. Por favor, tem como informar o que aconteceu?".

Na semana passada um leitor enviou a pergunta para a nossa Redação, e outros internautas, que esperam conseguir uma vaga de emprego nas obras de ampliação do aeroporto de Linhares, também questionaram sobre o assunto.

Nós enviamos demanda para a Prefeitura de Linhares, perguntamos sobre o que foi anunciado com relação às vagas de emprego geradas através da obra de ampliação do aeroporto, e se a empresa A Madeira ainda é a responsável. A resposta foi "As demandas referentes ao Sine são de competência do Governo do Estado do Espírito Santo".

No dia 9 de maio a PML divulgou que a fase de construção do Aeroporto de Linhares promoverá 170 oportunidades de emprego no município. Na mesma ocasião foi reforçado que a obra é orçada em R$ 38 milhões e tem prazo de 12 meses para conclusão. Os postos de trabalho, diz a divulgação, serão na área de obras de arte e drenagem, que empregará 130 funcionários e outras 40 na pavimentação e terraplanagem. Todas as vagas serão disponibilizadas via Sine.

Foi ainda divulgado que as obras de ampliação do novo Aeroporto de Linhares começariam nos próximos dias, e que as contratações dos profissionais que irão atuar no empreendimento movimentam a cidade.

No dia 9 de maio o Sine realizou a seleção de 15 ajudantes de obra que irão trabalhar no canteiro de obras localizado na BR 01, km 142. Para o cargo, disse a publicação, é necessário o ensino fundamental incompleto e não é necessário experiência. Também foi anunciado a realização de 45 encaminhamentos à empresa A.Madeira, construtora que foi a vencedora do processo de licitação para a construção do novo aeroporto. Abaixo outras divulgações enviadas para a imprensa em maio:

Convênio

A ampliação do aeroporto será realizada por meio de um convênio entre Governo Federal e Governo do Estado, e será executada pelo Departamento de Estradas de Rodagem do Estado do Espírito Santo (DER-ES). A expectativa é de que as obras, que devem custar aproximadamente R$ 38 milhões, durem um ano.

Novo Aeroporto

O novo Aeroporto de Linhares terá uma nova pista de pousos e decolagens. A extensão da pista será aumentada de 1.350 metros para 1.850. O terminal de passageiros será ampliado de 60m2 para 2.500 m2.

Também serão realizadas obras de melhoramento da pista de taxiamento e ampliação do pátio de aeronaves. Está prevista ainda a implantação de sinalização horizontal e luminosa, o que permitirá que o terminal passe a operar a noite.

A Resa (área de segurança de fim de pista) é de 240 metros em cada cabeceira, conforme projeto. O novo aeroporto terá condições de receber voos comerciais com capacidade de até 180 passageiros além de aeronaves até a classe Boeing 757-200, geralmente cargueiros.